DEUS NÃO É RELIGIÃO OU SEITA, POIS RELIGIÕES E SEITAS SÃO COISAS DOS HOMENS E MULHERES, COMO AS CRENDICES.

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32 - Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17 - Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna. João 6:47 - Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13:8.


O AMOR DE DEUS PARA COM OS SERES HUMANOS, É ABSOLUTAMENTE INCONDICIONAL, POIS OS CRIOU A SUA IMAGEM E SEMELHANÇA EM ESPÍRITO, E NÃO PODE NEGAR-SE A SI PRÓPRIO.


www.palavra10.com, é o maior site de receitas culinárias do mundo. São aproximadamente 1.500.000 receitas culinárias, com fotos dos pratos  (alimentos preparados). Clicando nas fotos você verá as receitas e os modos de preparos, entre outras orientações e divulgações. Neste site você encontra orientações pessoais, que se tornam uma autoajuda necessária para os problemas pessoais diários. Confira tudo.

 COMPARTILHE O SITE www.palavra10.com COM SEUS AMIGOS E PARENTES.


 CRIAÇÃO DA RAÇA HUMANA RACIONAL
Existem dois períodos distintos e importantes na criação da vida humana. 1º Período: Antes da criação do homem racional (pré-história) e 2º Período após a criação do homem racional, este último citado na Bíblia, em Gênesis Capítulo 1º (criação dos espíritos do homem e da mulher), e Gênesis, Capítulo 2º (criação dos corpos do homem e da mulher). É muito grande a falta de entendimento dos Ciêntistas e dos Religiosos, tornado-os radicais.


 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
PALAVRA10
O QUE VOCÊ ACHA DESTE SITE?
ÓTIMO
BOM
REGULAR
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (5468 votos)




ONLINE
5





Partilhe esta Página





 

 


VOCÊ ESTÁ DOENTE OU QUEM ESTÁ?
VOCÊ ESTÁ DOENTE OU QUEM ESTÁ?

Doença

 

 

doença é, em geral, um processo e um consequente estado de condição de um ser vivo , caracterizado por uma alteração prejudicial ao seu estado de saúde . A condição de processo ou doença pode ser causada por muitos fatores extrínsecos e intrínsecos ao organismo doente: os fatores são chamados noxas (do grego νόσος, nosos : "doença", "estado de saúde").

A saúde e a doença são parte integrante da vida , o processo biológico e das interacções ambientais e sociais . Em geral, entende-se doenças como a perda de saúde, o efeito negativo é devido a uma deficiência funcional ou estrutural de um organismo, em qualquer nível.

Definição e termos relacionados 

O conceito de doença é uma abordagem que se concentra sobre o tipo de problema de saúde em questão, e ajuda a sua compreensão. Cada doença tem características específicas que categoriza e fornece um ponto de referência para identificar o que pode ser comum ou diferenciar uma entidade nosológica de outro.

Um exemplo: O nome "diabetes" fez uma referência significativa para a "passagem de água" evidente no aumento da sede ( polidipsia ) e excreção de urina ( poliúria ). Este grupo fez duas doenças ( diabetes mellitus e diabetes insipidus) a única coisa que eles têm em comum é a polidipsia e poliúria , já que suas causas, frequências e outras manifestações são totalmente diferentes.

Diferença entre doença e outras condições 

Por definição, não é apenas uma doença, mas a caracterização e identificação de muitos processos e estados de saúde diferentes levou a uma discriminação contra um universo de diferentes entidades (entidades de doenças), muitos deles estritamente entendida como doenças, mas não outros ( cf . síndrome , uma entidade clínica e desordem ). Assim, os processos de doença e substitutos e afins , são entendidos como categorias determinadas pela mente humana .

Ciências da Saúde 

As doenças que afetam plantas e outros gêneros botânicos relativos à patologia , que afetam os animais são de domínio da veterinária e do sofrimento dos seres humanos está em causa a medicina . Estas ciências pesquisa e contribuem com seu conhecimento na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças em seus respectivos campos.

Patologia Humana e nosologia 

Estritamente (dentro da área médica), as doenças são estudadas a patologia (do grego παθος: 'condição', 'sofrimento'), ramo da medicina que investiga as características de cada entidade, seus componentes e processo desenvolvido em conjunto com provas morfo-fisiológico que está impresso na biologia do organismo doente. No entanto, a nosologia disciplina que regerá a definição e classificação de várias doenças de acordo com as normas baseadas na caracterização e identificação dos componentes e funções que definem cada entidade doença como único e discernível do resto. Assim, são estudados em uma mais ampla, comparativa e sistemática, dentro de uma patologia esboço contexto global.

Nomenclatura 

Para nomear uma doença, como uma regra, a parte do corpo afetada, seguido por um determinado sufixo que indica a etiologia de problemas de saúde .

Exemplos:

Apesar de amplamente utilizado coloquialmente, nesse sentido, as palavras de patologia e doenças não são sinônimos de "doença" e "doença", como eles se referem a uma disciplina, não o nome da doença. Exemplos: é preferível doenças inflamatórias em vez de doenças inflamatórias; preferida doença neuronal, em vez de patologia neuronal.

Definição de doentes 

A paciente é um ser humano sofrendo de uma doença, conscientemente ou não seu estado. Joan Riehl-Sisca define o papel do paciente como "a posição assumida por uma pessoa quando você se sentir doente"

A maneira como um indivíduo percebe a saúde e a doença é um fenômeno complexo e, particularmente, como ele reage juntos e enfrentar a situação em diferentes dimensões da personalidade (emocional, racional, física e espiritual, por exemplo). Assim, cada pessoa vai viver a experiência de saúde e doença de forma diferente e isso vai condicionar o significado dado a tais experiências.

Embora as reações individuais, ambiente social e cultural fornece um quadro de tais reações, limitando sua expressividade certas formas "culturalmente aceitáveis".

"Quando a pessoa doente faz isso de forma holística, e não em parcelas ou em parcelas. Todos os componentes do ser humano são alteradas e cada um procura suas próprias necessidades. Assim que a doença causa sintomas físicos, como dor e dispnéia; sintomas psico-emocionais, tais como medo, ansiedade, raiva, depressão; necessidades espirituais como sentimentos de culpa, perdão e paz interior; e demandas sociais consideração e não negligência. " 

Experiência da doença 

A experiência da doença é a experiência de um processo que envolve alterações ou modificações a um estado anterior. Ele é dividido em cinco etapas:

  1. Fase I, em que o sintoma é experimentada.
  2. Fase II, onde o papel de doente é assumido.
  3. Fase III, em que o contato com o profissional de saúde é tomada.
  4. Fase IV, em que o paciente sob o serviço de saúde faz.
  5. Fase V, em que a reabilitação ou recuperação ou aceitação do estado de doença ocorre se é crônica.

Comportamento da doença 

Em geral, o ato "doente" de uma maneira particular contra o estado; os médicos chamam de comportamento doentio tal mudança de atitude.

Comportamento da doença envolve a forma como o paciente controla o seu corpo, definido e interpretado os seus sintomas , entra em ação e faz uso do sistema de saúde. Há uma grande variabilidade na forma como as pessoas reagem à doença, tanto a sua própria e a dos outros. No entanto, a manifestações do comportamento de doença pode ser utilizado para controlar as adversidades da vida.

Comportamento doença pode tornar-se anormal quando é desproporcional ao problema atual, e que a pessoa persiste no papel de doente.

Componentes de doenças  

As doenças mentais são categorias, cada uma com um significado particular, que dá individualidade necessária para ser entendido como uma entidade de doença. Essa distinção intelectual (classificação) é realizada com base em cada um dos componentes de entidade de doença que a caracterizam como tal. Por conseguinte, a totalidade da informação, que faz com que cada entidade de doença, que é parte integrante da análise de unidades parciais e mínimos; cada um representando um aspecto do processo total da doença. Em alguns casos, certos aspectos são desconhecidos ou incertos, o que torna difícil para uma descrição completa dessas entidades.

Noções básicas são variados (componentes) geralmente consideradas para o estudo de diferentes processos patológicos. Qualquer um destes componentes pode ser utilizado como critérios taxonómicos das várias entidades de doença. Aqui alguns desses aspectos são apresentados:

Epidemiologia 

Representa informação significativa que tentativamente definir o contexto mais provável na qual é possível para uma doença se desenvolva. A ciência da epidemiologia -statistically- considera muitas variáveis ​​para definir esse contexto casuístico (população, ambiental, étnica, genética, ocupacional, ambiental, etc).

A epidemiologia da doença também fornece parâmetros para determinar a importância de uma patologia particular, em relação às suas estatísticas (frequência de ocorrência) e a probabilidade de determinar uma causa para tais casos.

Etiologia

O léxico médico identifica possível, provável ou certo da doença e o termo "etiologia" causa. As causas da doença pode não ser claro para algumas doenças (por exemplo, distúrbios psiquiátricos), enquanto em outros, a relação causa-efeito é praticamente inegável e evidente (como ocorre frequentemente em doenças infecciosas ).

A causa ou as causas da doença, nem sempre é um, e muitos (diabetes, hipertensão, infertilidade, psicose, colite ulcerosa, etc) são entendidas como policausales, isto é, incluindo vários factores patogénicos estão envolvidos.

A modelo se apresenta como uma série de fatores faz com que um espectro que vai de uma ponta a causas genéticas (endógenos) para a outra extremidade, o que corresponde a um fatores meio ambientais (externos).

Para uma doença, a etiologia, é a principal causa identificada; representa o ponto de referência para a doença. Fator é a condição sine qua non para a gênese do processo da doença. No entanto, em muitos processos de doença e substitutos, a etiologia é incerta ou desconhecida. Ser distinguidos, as síndromes são geralmente plurietiológicas entidades; doença, enquanto, no máximo tem uma única causa.

Ocasionalmente, ao longo da etiologia pode descrever os gatilhos da doença. Muitas vezes coexistem determinadas circunstâncias que nenhuma causa (pelo menos diretamente) doença, agir como fatos que iniciam o processo em si, são chamados gatilhos.

Às vezes, a doença, descreveu sua "patogênese", ou seja: sua etiologia e patogenia juntos, como um processo unificado.

Patogênese 

Patogênese e patogênese é a descrição (por vezes hesitante) complexo processo fisiopatológico que desenvolve daqueles desencadeada pelos efeitos fator etiológico. Tal descrição define a transição para o estado de doença.

A patogênese da doença é a representação da fisiologia alterada de mecanismos normais que geram, sustentam e finais ou perpetuam o processo da doença promovida por uma causa (etiologia).

Clínica 

Clínica , manifestações clínicas ou apenas " clínica "é um contexto significativo ou quadro definido pela relação entre os sinais e sintomas que ocorrem em uma determinada doença (na verdade apresentada pelo paciente). A semiologia clínica é a ferramenta para definir uma condição clínica em que há:

  • Sintomas : são a referência subjetiva que dá ao paciente sobre sua própria percepção das manifestações da doença a ser tratada. Os sintomas são a declaração do paciente e da história sobre o que acontece (ver história ). Os sintomas, elementos variáveis ​​subjetivas são, por vezes, pouco confiável e não muito precisos; muitas vezes, a sua interpretação pode ser difícil. Ainda assim, o seu valor no processo de diagnóstico é inquestionável. A dor é o principal sintoma que leva o indivíduo a procurar um médico.
  • Sinais Clínicos : Estes são sinais da investigação psicofísica ou exame do paciente. Os sinais clínicos são elementos sensoriais (relacionadas aos sentidos); são recolhidos a partir da biologia do paciente a partir da observação, o cheiro , a ternura , a percussão e ausculta , além da aplicação de certas manobras. Cada signo é em sentido pleno, tem uma interpretação particular de um contexto semiológico.

Investigações 

evidência adicional da semiologia clínica envolver a contribuição de informações adicionais a partir da biologia do paciente através da aplicação de diferentes técnicas, geralmente instrumentais. Os resultados fornecidos pelos exames complementares devem ser interpretados dentro do contexto clínico.

Exemplos de testes adicionais são todas as técnicas de imagem (ultra-som, raios-X, tomografia computadorizada, ressonância magnética, cintilografia, etc), electocardiograma, espirometria, exames de sangue (hemograma completo), mielograma, punção (vários), exame de urina , testes psicológicos, testes de esforço, polissonografia, etc

Diagnóstico 

É um processo complexo que se desenvolve o profissional, e envolve uma resposta cognitiva com a petição da situação do paciente. O diagnóstico pode determinar um estado patológico ou não (saúde também é diagnosticado num doente).

O processo inclui o diagnóstico diferencial , ou seja, a avaliação de todas as possíveis causas que poderiam nosológica dar um quadro clínico semelhante. Resta escolher a opção mais adequada de acordo com os resultados da anamnese, exame físico, exames laboratoriais, e, por vezes, de tratamento.

Patologia

O estudo anatômico e histopatológico permite investigar o processo da doença físico-químicos, foi capturado em evidência alterações da morfologia e fisiologia normais em qualquer nível (molecular, celular, tecido, órgão, etc). O resultado do estúdio patológico tem geralmente como diagnóstico final.

Há diversas técnicas e metodologias para demonstrar as várias lesões morfo, e determinam a sua interpretação, no contexto da patogénese; porque as lesões podem ser vistas como etapas de marcação de um curso: a estrada patogenésico, o que leva a um tipo de doença.

Evolução 

evolução é o curso biológico de eventos entre a ação secuencial dos componentes causas (etiologias) até que a doença se desenvolve e desfecho (cura passo para a cronicidade, ou morte) ocorre. A história natural da doença é a evolução do processo de doença, sem uma intervenção médica. Fala-se de medicina preventiva quando a intervenção médica, a fim de mudar o curso natural da doença para um curso mais benigno para os pacientes.

Tratamento 

Consiste de todos aqueles, outras escolhas ambientais humanos, físicos, químicos, e que contribuem para a cura do paciente, o seu processo ou atenuação dos sintomas (tratamento paliativo) para melhorar muito sua qualidade de vida alcançada ingressar na sociedade.

Ir 

Representa informações estatísticas sobre a tendência a seguir um processo patológico. Muitas variáveis ​​devem ser consideradas no desenvolvimento de uma previsão. Nem sempre é possível prever o curso da doença, com ou sem tratamento.

Prevenção 

prevenção ou profilaxia é a ações de informação a respeito que modificam a probabilidade de doença, reduzindo os riscos. A prevenção inclui medidas de ação que visam prevenir doenças e melhorar a saúde.

Classificações 

A classificação de doenças e de entidades da doença são regidos pela nosotaxia , uma disciplina subsidiária da nosologia . Os rankings são variados e dependem dos critérios que são levados em conta.

A classificação da doença expressa o resultado de uma imensa quantidade de comentários em uma tentativa de imprimir ordem e uma alteração de que esta ordem não vem de uma interpretação, mas uma correspondência, uma abordagem de ordem natural (Viesca, et al . ).

"Na medicina, as doenças são agrupadas por semelhanças anatômicas, etiológico ou patogênico. A classificação mais apropriado é comum às três características. Não é, no entanto, quantas vezes. "(Farreras & Rozman, p.1259)

Tipos de doenças 

A classificação da doença está sujeita ao critério que é usado para agrupá-los.

De acordo com a sua duração

  • Aguda : geralmente com duração inferior a três meses.
  • Subaguda: geralmente com duração entre três e seis meses
  • Crônicas : geralmente duram mais de seis meses

De acordo com a distribuição 

De acordo com a população e isso afeta a sua extensão ou outras áreas geográficas são classificados como:

  • Esporádica : afeta muito poucas pessoas e aparecem de vez em quando
  • Endêmica : muitas vezes afeta uma região específica e mantido regularmente ao longo do tempo
  • Epidemia : um significativamente elevado aumento do número de casos de uma doença em relação ao número esperado de casos dentro de uma área geográfica delimitada.
  • Pandemia : uma epidemia que afeta grandes áreas geográficas (até a distribuição em todo o mundo), geralmente durante um tempo específico.

De acordo com sua patogênese 

Dependendo da causa e patofisiologia consequentes doenças podem ser classificadas em:

Classificações padronizadas 

São acordos, que se tornaram os médicos , para organizar as doenças de acordo com determinados critérios profissionais e científicas.

Classificação Internacional de Cuidados Primários 

A Classificação Internacional de Cuidados Primários é uma taxonomia de termos e expressões comumente usadas na prática geral . Colete a razão (ou razões) para consulta, os problemas de saúde eo processo de cuidar. É um tipo de classificação de terminologia médica internacionalmente, também chamada de CIAP-2 (em espanhol) ou ICPC-2 (para a sigla para: Classificação Internacional de Cuidados Primários) e tão generalizada como ICPC-2 PLUS.

A WONCA ("Organização Mundial do General Practitioners / Família"), publicado em 1999, a versão em espanhol da Classificação Internacional de Cuidados Primários, segunda edição (CIAP - 2); a partir da edição original em Inglês de 1998, chamado de Classificação Internacional de Cuidados Primários (ICPC).

Responsável pela tradução para o espanhol foi o Dr. Juan Gérvas , membro do Comitê Internacional de Classificação da WONCA. Atualmente, a ICPC-2 está disponível em 20 idiomas.

Classificação Internacional de Doenças 

Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) é uma lista de códigos publicadas pela Organização Mundial de Saúde . O CID é uma classificação base na Família de Classificações Internacionais da OMS (em Inglês, WHO-FIC). Sob constante revisão, CIE atualmente em uso é a décima edição (CID-10), desenvolvido em 1992 para acompanhar as estatísticas de mortalidade.

O CDI fornece códigos para classificar doenças e uma grande variedade de sinais, sintomas, achados anormais, queixas, circunstâncias sociais e causas externas de ferimento ou doença. Cada estado de saúde pode ser atribuído a uma categoria e dar um código de até cinco caracteres de comprimento (formato X00.00). Essas categorias incluem grupos de doenças semelhantes.

Ele foi inicialmente concebido como uma ferramenta para descrever doenças a partir da perspectiva da saúde pública . Ele é usado em todo o mundo para as estatísticas de morbidade e mortalidade, sistemas de reembolso e decisão automatizada apoia na medicina. Este sistema é projetado para promover a comparabilidade internacional na coleção, processamento, classificação e apresentação destas estatísticas.

Classificação de Transtornos Mentais 

Uma alternativa importante para a codificação ICD é o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais ( DSM , o Inglês Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais ) da Associação Psiquiátrica Americana ( APA ). O DSM é o principal sistema de diagnóstico das perturbações psiquiátricas e psicológicas, nos Estados Unidos, e é utilizado como um adjuvante para outros sistemas de diagnóstico em muitos países. Desde 1990, a APA e que trabalharam juntos para construir um consenso e para combinar com o DSM com certas seções do CIE; No entanto, ainda existem algumas diferenças.

 

Diagnóstico médico

 

 

Em medicina , o diagnóstico ou propedêutica clínica é o processo pelo qual uma identificada a doença , entidade doença, síndromeou condição de saúde e doença (a "saúde" também diagnosticados).

Em termos de prática médica, o diagnóstico é um julgamento clínico sobre o estado físico e psicológico de uma pessoa; representa uma manifestação em resposta a uma ação judicial para determinar esse estado.

Diagnosticar é nomear o sofrimento do paciente; é atribuir um "tag".

Processo de diagnóstico 

Diagnóstico clínico requer tendo em conta os dois aspectos da lógica , ou seja, análise e síntese, usando várias ferramentas, tais como anamnese , a história clínica , exame físico e exames complementares .

O diagnóstico médico estabelecido a partir de sintomas, sinais e achados de exames complementares, que doença a pessoa sofre. Geralmente a doença não está relacionado de uma maneira 1-1 com um sintoma, ou seja, um sintoma não é exclusivo para a doença. Cada sintoma ou achado em um exame revelou uma probabilidade de ocorrência de cada doença.

teorema de Bayes para o diagnóstico de uma doença com base nos sintomas e outros achados que o paciente se as doenças são mutuamente exclusivos, a sua prevalência e freqüência de ocorrência de cada sintoma em cada doença é conhecida. À medida que a prevalência de cada doença em cada população, o mesmo conjunto de sintomas ou síndrome pode ter um diagnóstico diferentes em cada população, isto é, cada síndrome pode ser causada por um estado diferente em cada população.

As ferramentas de diagnóstico 

  • Sintomas : Estas são as experiências subjetivas físicos negativos relatados pelo paciente, coletadas pelo médico na história durante a entrevista clínica , um médico da língua que seja compreensível para todos os médicos. Por exemplo, os pacientes sentem falta de ar ou percepção desconfortável e desagradável de ar ( dispnéia ), chamá-lo de asfixia, ansiedade, fadiga, cansar facilmente ...
  • Sinais : achados objetivos estão sentindo médico observar o paciente, como taquipnéia mais de 30 respirações por minuto. Asemiótica médica ou clínica semiologia é o ramo da medicina que lida com os sinais da doença do ponto de vista de diagnóstico e prognóstico.
  • exame físico ou Semiologia: Consiste em várias manobras realizadas pelo médico sobre o paciente, sendo o principal a inspeção , palpação , percussão, cheiro e ausculta , com sinais clínicos mais específicos são obtidos.

Todos os sintomas relatados na anamnese e objetivadas sinais no exame físico são observadas na história clínica do paciente.

Geralmente, os sinais e sintomas de definir uma síndrome que pode ser causada por várias doenças. O médico deve formular umahipótese sobre as doenças que podem estar causando a síndrome e verificar a exactidão dos pressupostos solicitados exames complementares .

Tipos de exames complementares 

Exames complementares confirmar ou descartar a doença em particular, antes de iniciar o tratamento . Às vezes nós não oferecemos qualquer tipo de informação útil, especialmente quando solicitado sem nenhum critério ou não existe um diagnóstico diferencial.

Tipos de diagnóstico 

Ou diagnóstico clínico individual . Ele é o total emitido a partir do contraste de todo o exposto e as circunstâncias pessoais do paciente. Todos estes factores determinam, qualitativamente e quantitativamente, o quadro clínico, de modo que ele pode ser diferente, mesmo quando a entidade de doença, é a mesma. Isto relaciona-se a máxima "não há doenças, mas doentes."

  • Diagnóstico certeza. diagnóstico é confirmado através da interpretação e análise de métodos complementares.
  • O diagnóstico diferencial . Conhecimento que é até após avaliação crítica comparando com suas manifestações mais comuns de outras doenças.
  • . Diagnóstico etiológico determina as causas da doença; É essencial para o diagnóstico total de muitas doenças e para o tratamento.
  • Diagnóstico genérico . Determine se o sujeito não está doente. Podem surgir problemas acusação, porque você tem que ter uma possível simulação e com a neurose e histeria, que são doenças reais.
  • Diagnóstico heróico . Quando o diagnóstico se torna uma obsessão, um absurdo, uma espécie de esforço mental e profissional, ou seja, é um diagnóstico extrema no sentido de "eu" e desnecessária.
  • Diagnóstico anatômico ou topográfico lesional. é a localização e identificação de lesões em diferentes órgãos e tecidos.
  • Diagnóstico nosológico. 's determinação específica da doença.
  • Diagnóstico patogênico. mecanismos de bagagem que causam a doença pela ação das causas e a reação orgânica.
  • O diagnóstico presuntivo. 's profissional que considerou possível, com base nos dados obtidos a partir da história e exame físico.
  • . Sindrômica e diagnóstico funcional síndromes são conjuntos de sinais e sintomas com um desenvolvimento comum; p. por exemplo., a síndrome icterícia (pele amarela, urina, fezes queimando descoloridos, etc). Embora às vezes ele pode ir mais longe, permite d. patogênico parcial, mas permitir um tratamento funcional.
  • Diagnóstico sintomático . Destina-se a identificar a doença pelos sintomas. Normalmente, um único sintoma não dá uma indicação precisa da doença, como pode ser típico de muitas indicações.

Problemas de diagnóstico 

Características de um teste de diagnóstico 

Considera-se que um teste de diagnóstico é boa quando dá resultados positivos em pacientes e negativo em pacientes saudáveis, com menor margem de erro possível. Portanto, as condições que devem ser exigidas em um teste de diagnóstico são principalmente três:

  • Validade : O grau em que um teste mede o que deveria medir, ou seja, a frequência com que os resultados obtidos por este teste pode ser confirmado por outro mais complexo e rigoroso. Os parâmetros que medem a validade de um teste de diagnóstico são de sensibilidade e especificidade.
  • Reprodutibilidade : A capacidade de um teste para dar os mesmos resultados quando a aplicação repetida em circunstâncias similares.La vem determianda reprodutibilidade para a variabilidade biológica observada fato, introduzido pelo próprio observador ea derivada do próprio teste.
  • Segurança : O teste de segurança que a determinação da presença ou ausência da doença em um paciente.La segurança é determinada pelo valor preditivo de um resultado positivo ou negativo, ou seja, a probabilidade de um teste positivo o paciente é realmente doente.

Validade de um teste de diagnóstico 

O caso mais simples é a de um ensaio dicotómica, que classifica cada paciente saudável ou doente, dependendo do resultado do teste é positivo ou negativo. Assim, um resultado positivo é geralmente consistente com a presença da doença em questão e um resultado negativo na sua ausência.

Ele é geralmente utilizado para trabalhar com uma população heterogénea de pacientes, de modo que os dados obtidos permitem classificá-las em quatro grupos, que são geralmente representados na tabela 2X2. Nela, o resultado das faces de teste de diagnóstico (em linhas) com o status real dos pacientes (em colunas) ou, alternativamente, o resultado da avaliação de desempenho ou "padrão ouro" que vamos usar. O resultado do teste pode ser positivo ou negativo, mas estes podem ser corretas ou incorretas, resultando em quatro tipos de resultados: verdade, verdade negativo positivo negativo, falso positivos e falso.

O resultado do teste

Doente

Sano

Positivo

Verdadeiros positivos (TP)

Os falsos positivos (FP)

Negativo

Falsos negativos (FN)

Verdadeiros negativos (TN)

O que determina a validade do teste será utilizado para calcular os valores de sensibilidade e especificidade.

  • Sensibilidade : indica a probabilidade de que um paciente está realmente sendo resultado do teste positivo doente. Por conseguinte, é a capacidade de um teste para detectar a presença, na verdade, de doença. A sensibilidade pode ser estimada como a proporção de pacientes doentes, que testou positivo no teste de diagnóstico, ou seja, a proporção de verdadeiros positivos, ou pacientes diagnosticados respeito de todos os pacientes na população do estudo. Então:

Sensibilidade = (TP) / (TP + FN)

  • Especificidade : a probabilidade de que um paciente é realmente saudável após a obtenção de um resultado negativo. É a capacidade de um teste para detectar a ausência de doença. Assim, a especificidade pode ser estimada como sendo a proporção de pacientes saudáveis ​​que tiveram um resultado negativo no teste de diagnóstico, isto é, a proporção de verdadeiros negativos, ou saudável reconhecido como tal, para o som total na população. Desta maneira:

Especificidade = (VN) / (TN + FP)

O ideal é trabalhar com testes de diagnóstico com alta sensibilidade e especificidade superior a 80% no mínimo em ambos os casos. No entanto, isso nem sempre é possível.No geral, um teste muito sensível será particularmente adequado nos casos em que a incapacidade de diagnosticar a doença pode ser fatal para o doente, ou doenças em que um falso positivo não causam perturbação psicológica ou econômica séria para o paciente.

Em contraste, são necessários testes de alta especificidade no tratamento de doenças graves, mas está disponível que faz curável, onde existe um grande interesse na ausência de doença ou no diagnóstico de um paciente de uma doença, com falso positivo pode causar inaceitável conseqüências, seja física, psicológica ou econômica.

Eficácia de um teste de diagnóstico 

A sensibilidade e especificidade de fornecer informação acerca da probabilidade de um resultado em particular (positivo ou negativo), com base na condição real do paciente em relação à doença. No entanto, quando um paciente está realizando qualquer teste, o médico não tem nenhuma informação a priori sobre o seu verdadeiro diagnóstico, mas a questão é colocada na direção oposta: a um resultado positivo ou negativo de teste, o que é a probabilidade de que o paciente está realmente doente ou bem?. Os parâmetros que fornecem essas informações (probabilidade pós-teste) são chamados de doutores valores preditivos .

Os valores preditivos dependem da prevalência da doença na população em estudo. Será, portanto, um não-valor extrapolados para populações diferentes. Existem dois tipos de valor preditivo, que são detalhados a seguir:

  • O valor preditivo positivo : indica a probabilidade de que o paciente tem a doença após um resultado positivo no ensaio. Portanto, o valor preditivo positivo (PPV) pode ser estimada como sendo a proporção de verdadeiros positivos ao total de resultados positivos obtidos no teste, ou seja, o número real de pacientes em todos os resultados que indicam a presença da doença. Assim:

VPP = (PV) / (TP + FP)

  • O valor preditivo negativo : a probabilidade de que o paciente tem a doença após um resultado negativo no teste. Assim, o valor preditivo negativo (VPN) pode ser estimada como a proporção de verdadeiros negativos sobre o total ponegativos resultados obtidos no teste, ou seja, o número real de pacientes saudáveis ​​em todos os resultados, mostrando nenhuma doença . Então:

VPN = (VN) / (TN + FN)

A escolha de um teste de diagnóstico 

Para escolher corretamente entre dois ou mais testes de diagnóstico que você pode usar parâmetros estatísticos. Salienta conhecidos como "Receiver Operating Characteristic" ou curva ROC . A curva ROC é um gráfico comparando a sensibilidade do parâmetro de teste (1-especificidade) e assumindo uma medida global, independente de qualquer conjunto de ponto de interrupção.

O parâmetro indicador mais amplamente utilizado é o "área sob a curva" (AUC). Isto é um índice cujo valor está entre 0,5 e 1; Sendo 1 o valor que determina um diagnóstico perfeito, e 0,5 um teste sem poder discriminatório de diagnóstico.

 

Salmos 56

 

1 Tem misericórdia de mim, ó Deus, porque o homem procura devorar-me; pelejando todo dia, me oprime.

2 Os meus inimigos procuram devorar-me todo dia; pois são muitos os que pelejam contra mim, ó Altíssimo.

3 Em qualquer tempo em que eu temer, confiarei em ti.

4 Em Deus louvarei a sua palavra, em Deus pus a minha confiança; não temerei o que me possa fazer a carne.

5 Todos os dias torcem as minhas palavras; todos os seus pensamentos são contra mim para o mal.

6 Ajuntam-se, escondem-se, marcam os meus passos, como aguardando a minha alma.

7 Porventura escaparão eles por meio da sua iniqüidade? Ó Deus, derruba os povos na tua ira!

8 Tu contas as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro?

9 Quando eu a ti clamar, então voltarão para trás os meus inimigos: isto sei eu, porque Deus é por mim.

10 Em Deus louvarei a sua palavra; no Senhor louvarei a sua palavra.

11 Em Deus tenho posto a minha confiança; não temerei o que me possa fazer o homem.

12 Os teus votos estão sobre mim, ó Deus; eu te renderei ações de graças;

13 Pois tu livraste a minha alma da morte; não livrarás os meus pés da queda, para andar diante de Deus na luz dos viventes?

 

Salmos 41

 

1 Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o SENHOR o livrará  dia do mal.

2 O Senhor o livrará, e o conservará em vida; será abençoado na terra, e tu não o entregarás à vontade de seus inimigos.

3 O Senhor o sustentará no leito da enfermidade; tu o restaurarás da sua cama de doença.

4 Dizia eu: Senhor, tem piedade de mim; sara a minha alma, porque pequei contra ti.

5 Os meus inimigos falam mal de mim, dizendo: Quando morrerá ele, e perecerá o seu nome?

6 E, se algum deles vem me ver, fala coisas vãs; no seu coração amontoa a maldade; saindo para fora, é disso que fala.

7 Todos os que me odeiam murmuram à uma contra mim; contra mim imaginam o mal, dizendo:

8 Uma doença má se lhe tem apegado; e agora que está deitado, não se levantará mais.

9 Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.

10 Porém tu, Senhor, tem piedade de mim, e levanta-me, para que eu lhes dê o pago.

11 Por isto conheço eu que tu me favoreces: que o meu inimigo não triunfa de mim.

12 Quanto a mim, tu me sustentas na minha sinceridade, e me puseste diante da tua face para sempre.

13 Bendito seja o Senhor Deus de Israel de século em século. Amém e Amém.

 

Salmos 19

 

¹ Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.

2 Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite.

3 Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz.

4 A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol,

5 O qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho.

6 A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor.

7 A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos símplices.

8 Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e ilumina os olhos.

9 O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.

10 Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos.

11 Também por eles é admoestado o teu servo; e em os guardar há grande recompensa.

12 Quem pode entender os seus erros? Expurga-me tu dos que me são ocultos.

13 Também da soberba guarda o teu servo, para que se não assenhoreie de mim. Então serei sincero, e ficarei limpo de grande transgressão.

14 Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!

 

Salmos 103

 

1 Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.

2 Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.

3 Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades,

4 Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia,

5 Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.

6 O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos.

7 Fez conhecidos os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.

8 Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade.

9 Não reprovará perpetuamente, nem para sempre reterá a sua ira.

10 Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniquidades.

11 Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.

12 Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.

13 Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.

14 Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.

15 Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce.

16 Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.

17 Mas a misericórdia do Senhor é desde a eternidade e até a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos;

18 Sobre aqueles que guardam a sua aliança, e sobre os que se lembram dos seus mandamentos para os cumprir.

19 O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo.

20 Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra.

21 Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais o seu beneplácito.

22 Bendizei ao Senhor, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma, ao Senhor.

 

Salmos 146

 

1 Louvai ao Senhor. Ó minha alma, louva ao Senhor.

2 Louvarei ao Senhor durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu for vivo.

3 Não confieis em príncipes, nem em filho de homem, em quem não há salvação.

4 Sai-lhe o espírito, volta para a terra; naquele mesmo dia perecem os seus pensamentos.

5 Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio, e cuja esperança está posta no Senhor seu Deus.

6 O que fez os céus e a terra, o mar e tudo quanto há neles, e o que guarda a verdade para sempre;

7 O que faz justiça aos oprimidos, o que dá pão aos famintos. O Senhor solta os encarcerados.

8 O Senhor abre os olhos aos cegos; o Senhor levanta os abatidos; o Senhor ama os justos;

9 O Senhor guarda os estrangeiros; sustém o órfão e a viúva, mas transtorna o caminho dos ímpios.

10 O Senhor reinará eternamente; o teu Deus, ó Sião, de geração em geração. Louvai ao Senhor.

 

Isaías 54

 

 

1 Canta alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR.

2 Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.

3 Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.

4 Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.

5 Porque o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra.

6 Porque o Senhor te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora desprezada, diz o teu Deus.

7 Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei;

8 Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o Senhor, o teu Redentor.

9 Porque isto será para mim como as águas de Noé; pois jurei que as águas de Noé não passariam mais sobre a terra; assim jurei que não me irarei mais contra ti, nem te repreenderei.

10 Porque os montes se retirarão, e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de ti, e a aliança da minha paz não mudará, diz o Senhor que se compadece de ti.

11 Tu, oprimida, arrojada com a tormenta e desconsolada, eis que eu assentarei as tuas pedras com todo o ornamento, e te fundarei sobre as safiras.

12 E farei os teus vitrais de rubis, e as tuas portas de carbúnculos, e todos os teus termos de pedras aprazíveis.

13 E todos os teus filhos serão ensinados do Senhor; e a paz de teus filhos será abundante.

14 Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti.

15 Eis que seguramente poderão vir a juntar-se contra ti, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti cairá por causa de ti.

16 Eis que eu criei o ferreiro, que assopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para destruir.

17 Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o Senhor.

 

Romanos 5

 

1 Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;

2 Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.

3 E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência,

4 E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.

5 E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

6 Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.

7 Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer.

8 Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

9 Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

10 Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.

11 E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação.

12 Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.

13 Porque até à lei estava o pecado no mundo, mas o pecado não é imputado, não havendo lei.

14 No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.

15 Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos.

16 E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.

17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.

18 Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.

19 Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.

20 Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;

21 Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.

 

Tiago 5

 

1 Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir.

2 As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça.

3 O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias.

4 Eis que o jornal dos trabalhadores que ceifaram as vossas terras, e que por vós foi diminuído, clama; e os clamores dos que ceifaram entraram nos ouvidos do Senhor dos exércitos.

5 Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações, como num dia de matança.

6 Condenastes e matastes o justo; ele não vos resistiu.

7 Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia.

8 Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.

9 Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não sejais condenados. Eis que o juiz está à porta.

10 Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor.

11 Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso.

12 Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento; mas que a vossa palavra seja sim, sim, e não, não; para que não caiais em condenação.

13 Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores.

14 Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor;

15 E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

16 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.

17 Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra.

18 E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto.

19 Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter,

20 Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.

 

1 Pedro 5

 

1 Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar:

2 Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto;

3 Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.

4 E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória.

5 Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;

7 Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

8 Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;

9 Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.

10 E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça.

11 A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém.

12 Por Silvano, vosso fiel irmão, como cuido, escrevi brevemente, exortando e testificando que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes.

13 A vossa co-eleita em babilônia vos saúda, e meu filho Marcos.

14 Saudai-vos uns aos outros com ósculo de amor. Paz seja com todos vós que estais em Cristo Jesus. Amém.

 


 CLICK NA FOTO OU NO RESULTADO

DE IMAGEM E VEJA MUITO MAIS...

 

Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS

Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS

Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
630 × 420 - boaformaesaude.com.br
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
1 dia atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS
Resultado de imagem para IMAGENS DE DOENÇAS