DEUS NÃO É RELIGIÃO OU SEITA, POIS RELIGIÕES E SEITAS SÃO COISAS DOS HOMENS E MULHERES, COMO AS CRENDICES.

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32 - Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17 - Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna. João 6:47 - Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13:8.


O AMOR DE DEUS PARA COM OS SERES HUMANOS, É ABSOLUTAMENTE INCONDICIONAL, POIS OS CRIOU A SUA IMAGEM E SEMELHANÇA EM ESPÍRITO, E NÃO PODE NEGAR-SE A SI PRÓPRIO.


www.palavra10.com, é o maior site de receitas culinárias do mundo. São aproximadamente 1.500.000 receitas culinárias, com fotos dos pratos  (alimentos preparados). Clicando nas fotos você verá as receitas e os modos de preparos, entre outras orientações e divulgações. Neste site você encontra orientações pessoais, que se tornam uma autoajuda necessária para os problemas pessoais diários. Confira tudo.

 COMPARTILHE O SITE www.palavra10.com COM SEUS AMIGOS E PARENTES.


 CRIAÇÃO DA RAÇA HUMANA RACIONAL
Existem dois períodos distintos e importantes na criação da vida humana. 1º Período: Antes da criação do homem racional (pré-história) e 2º Período após a criação do homem racional, este último citado na Bíblia, em Gênesis Capítulo 1º (criação dos espíritos do homem e da mulher), e Gênesis, Capítulo 2º (criação dos corpos do homem e da mulher). É muito grande a falta de entendimento dos Ciêntistas e dos Religiosos, tornado-os radicais.


 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
PALAVRA10
O QUE VOCÊ ACHA DESTE SITE?
ÓTIMO
BOM
REGULAR
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (5467 votos)




ONLINE
12





Partilhe esta Página





 

 


UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.

UTILIDADE DOS ANIMAIS

AQUÁTICOS

CLIK NAS FOTOS PARA AMPLIAR E LER

 
Peixes de várias espécies
Peixes de várias espécies
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
(sem classif.) Craniata
Superclasse: Peixes
Grupos incluídos
Grupos excluídos

Os peixes são animais vertebradosaquáticos, tipicamente ectotérmicos, que possuem o corpo fusiforme, os membrostransformados em barbatanas ou nadadeiras (ausentes em alguns grupos) sustentadas por raios ósseos ou cartilaginosos, guelras ou brânquias com que respiram o oxigénio dissolvido na água (embora os dipnóicos usem pulmões) e, na sua maior parte, o corpo coberto de escamas.

Os peixes são recursos importantes, principalmente como alimento, mas também são capturados por pescadores recreativos, mantidos como animais de estimação, criados por aquaristas, e expostos em aquários públicos. Os peixes tiveram um papel importante na cultura através dos tempos, servindo como divindades, símbolos religiosos (ver ichthys), e como temas de arte, livros e filmes.

Uma vez que o "peixe" é definido negativamente, e exclui os tetrápodes (ou seja, os anfíbiosrépteis, aves e mamíferos) que são descendentes da mesma origem, é um agrupamento parafilético, não considerado adequado na biologia sistemática. A classe Pisces, de Lineu é considerada tipológica, mas não filogenética.

Os primeiros organismos que podem ser classificados como peixes eram cordados de corpo mole que apareceram pela primeira vez durante o período Cambriano. Embora eles não tivessem uma verdadeira espinha dorsal, possuíam notocórdio, que lhes permitiu serem mais ágeis do que os invertebrados marinhos. Os peixes continuaram a evoluir durante o Paleozoico, diversificando-se em uma grande variedade de formas.

Classificação

No uso comum, o termo peixe tem sido frequentemente utilizado para descrever um vertebrado aquático com brânquias, membros, se presentes, na forma de nadadeiras, e normalmente com escamas de origem dérmica no tegumento. Sendo este conceito do termo "peixe" utilizado por conveniência, e não por unidade taxonômica, porque os peixes não compõem um grupo monofilético, já que eles não possuem um ancestral comum exclusivo. Para que se tornasse um grupo monofilético, os peixes deveriam juntar os Tetrápodes.

Os peixes são tradicionalmente divididos nos seguintes grupos:

Em vista desta diversidade, os zoólogos não mais aceitam a antiga classe Pisces em que Lineu os agrupou, como se pode ver na classificação dos VertebradosAbaixoapresentam-se detalhes da classificação atualmente aceita.

Importância dos peixes

Peixes de água salgada.

Por vezes, usa-se a palavra peixe para designar vários animais aquáticos (por exemplo na palavra peixe-mulher para designar o dugongo). Mas a maior parte dos organismos aquáticos muitas vezes designados por "peixe", incluindo as medusas (águas-vivas), os moluscos e crustáceos e mesmo mamíferos muito parecidos com os peixes como os golfinhos, não são peixes.

Os peixes encontram-se em praticamente todos os ecossistemas aquáticos, tanto em água doce como em água salgada, desde a água da praia até às grandes profundezas dos oceanos (ver biologia marinha). Mas há alguns lagos hiper-salinos, como o Grande Lago Salgado, nos Estados Unidos da América do Norte onde não vivem peixes.

Os peixes têm uma grande importância para a humanidade e desde tempos imemoriais foram pescados para a sua alimentação. Muitas espécies de peixes são criadas em condições artificiais (ver aquacultura), não só para alimentação humana, mas também para outros fins, como os aquários.

Há algumas espécies perigosas para o homem, como os peixes-escorpião que têm espinhos venenosos e algumas espécies de tubarão, que podem atacar pessoas nas praias. Muitas espécies de peixes encontram-se ameaçadas de extinção, quer por pesca excessiva, quer por deterioração dos seus habitats.

O ramo da zoologia que estuda os peixes do ponto de vista da sua posição sistemática é a ictiologia. No entanto, os peixes são igualmente estudados no âmbito da ecologia, da biologia pesqueira, da fisiologia e doutros ramos da biologia.

Ecologia dos peixes

Classificação ecológica

Arenque, Clupea harengus - esta espécie já foi considerada peloGuinness Book of Records como a mais numerosa entre os peixes; com a pesca excessiva, este peixe do norte do Oceano Atlântico já não tem os níveis populacionais de outrora.

Uma forma de classificar os peixes é segundo o seu comportamento relativamente à região das águas onde vivem; este comportamento determina o papel de cada grupo no ambiente aquático:

  • pelágicos (do latim pelagos, que significa o "mar aberto") – os peixes que vivem geralmente em cardumes, nadando livremente na coluna de água; fazem parte deste grupo as sardinhas, as anchovas, os atuns e muitos tubarões.
  • demersais – os que vivem a maior parte do tempo em associação com o substrato, quer em fundos arenosos como os linguados, ou em fundos rochosos, como as garoupas. Muitas espécies demersais têm hábitos territoriais e defendem o seu território activamente – um exemplo são as moreias, que se comportam como verdadeiras serpentes aquáticas, atacando qualquer animal que se aproxime do seu esconderijo.
  • batipelágicos – os peixes que nadam livremente em águas de grandes profundidades (zona batial).
  • mesopelágicos – espécies que fazem grandes migrações verticais diárias, aproximando-se da superfície à noite e vivendo em águas profundas durante o dia. Exemplo deste grupo são os peixes-lanterna.

Hábitos alimentares

Órgãos: 1. Fígado, 2. Bexiga de gás, 3. Ovas, 4. Cecos pilóricos, 5. Estômago, 6. intestino.

Os peixes pelágicos de pequenas dimensões como as sardinhas são geralmente planctonófagos, ou seja, alimentam-se quase passivamente do plâncton disperso na água, que filtram à medida que "respiram", com a ajuda de branquispinhas, que são excrescências ósseas dos arcos branquiais (a estrutura que segura as brânquias ou guelras).

Algumas espécies de maiores dimensões têm também este hábito alimentar, incluindo algumas baleias (que não são peixes, masmamíferos) e alguns tubarões como os zorros (género Alopias). Mas a maioria dos grandes peixes pelágicos são predadores ativos, ou seja, procuram e capturam as suas presas, que são também organismos pelágicos, não só peixes, mas também cefalópodes (principalmente lulas), crustáceos ou outros.

Os peixes demersais podem ser predadores, mas também podem ser herbívoros, que se alimentam de plantas aquáticas, detritívoros, ou seja, que se alimentam dos restos de animais e plantas que se encontram no substrato, ou serem comensais de outros organismos, como a rémora que se fixa a um atum ou tubarão através dum disco adesivo no topo da cabeça e se alimenta dos restos de comida que caem da boca do seu hospedeiro (normalmente um grande predador), ou mesmo parasitas de outros organismos.

Alguns peixes abissais e também alguns neríticos, como os diabos (família Lophiidae) apresentam excrescências, geralmente na cabeça, que servem para atrair as suas presas; essas espécies costumam ter uma boca de grandes dimensões, que lhes permitem comer animais maiores que eles próprios. Numa destas espécies, o macho é parasita da fêmea, fixando-se pela boca a um tentáculo da sua cabeça.

Hábitos de reprodução

A maioria dos peixes é dióicaovípara, fertiliza os óvulos externamente e não desenvolve cuidados parentais. Nas espécies que vivem em cardumes, as fêmeas desovam nas próprias águas onde os cardumes vivem e, ao mesmo tempo, os machos libertam o esperma na água, promovendo a fertilização. Em alguns peixes pelágicos, os ovos flutuam livremente na água – e podem ser comidos por outros organismos, quer planctónicos, quer nectónicos; por essa razão, nessas espécies é normal cada fêmea libertar um enorme número de óvulos. Noutras espécies, os ovos afundam e o seu desenvolvimento realiza-se junto ao fundo – nestes casos, os óvulos podem não ser tão numerosos, uma vez que são menos vulneráveis aos predadores.

No entanto, existem excepções a todas estas características e neste artigo referem-se apenas algumas. Abaixo, na secção Migrações encontram-se os casos de espécies que se reproduzem na água doce, mas crescem na água salgada e vice-versa.

Em termos de separação dos sexos, existem também (ex.: família Sparidae, os pargos) casos de hermafroditismo e casos de mudança de sexo - peixes que são fêmeas durante as primeiras fases de maturação sexual e depois se transformam em machos (protoginia) e o inverso (protandria).

Os cuidados parentais, quando existem, apresentam casos curiosos. Nos cavalos-marinhos (género Hypocampus), por exemplo, o macho recolhe os ovos fecundados e incuba-os numa bolsa marsupial. Muitos ciclídeos (de que faz parte a tilápia) e algumas espécies de aquário endémicas do Lago Niassa (também conhecido por Lago Malawi, na fronteira entre Moçambique e o Malawi) guardam os filhotes na boca, quer do macho, quer da fêmea, ou alternadamente, para os protegerem dos predadores.

Refere-se acima que a maioria dos peixes é ovípara, mas existem também espécies vivíparas e ovovivíparas, ou seja, em que o embrião se desenvolve dentro do úteromaterno. Nestes casos, pode haver fertilização interna - embora os machos não tenham um verdadeiro pênis, mas possuem uma estrutura para introduzir o esperma dentro da fêmea. Muitos destes casos encontram-se nos peixes cartilagíneos (tubarões e raias), mas também em muitos peixes de água doce e mesmo de aquário.

Hábitos de repouso

Os peixes não dormem. Eles apenas alternam estados de vigília e repouso. O período de repouso consiste num aparente estado de imobilidade, em que os peixes mantêm o equilíbrio por meio de movimentos bem lentos.

Como não têm pálpebras, seus olhos ficam sempre abertos. Algumas espécies se deitam no fundo do mar ou no rio, enquanto os menores se escondem em buracos para não serem comidos enquanto descansam.

Migrações

Muitas espécies de peixes (principalmente os pelágicos) realizam migrações regularmente, desde migrações diárias (normalmente verticais, entre a superfície e águas mais profundas),até anuais, percorrendo distâncias que podem variar de apenas alguns metros até várias centenas de quilómetros e mesmo plurianuais, como as migrações das enguias.

Na maior parte das vezes, estas migrações estão relacionadas ou com a reprodução ou com a alimentação (procura de locais com mais alimento). Algumas espécies de atuns migram anualmente entre o norte e o sul do oceano, seguindo massas de água com a temperatura ideal para eles.

Os peixes migratórios classificam-se da seguinte forma:* 

  • diádromos – peixes que migram entre os rios e o mar;
  • anádromos – peixes que vivem geralmente no mar, mas se reproduzem em água doce;
  • catádromos – peixes que vivem nos rios, mas se reproduzem no mar;
  • anfídromos – peixes que mudam o seu habitat de água doce para salgada durante a vida, mas não para se reproduzirem (normalmente por relações fisiológicas, ligadas à sua ontogenia);
  • potamódromos – peixes que realizam as suas migrações sempre em água doce, dentro dum rio ou dum rio para um lago; e
  • oceanódromos – peixes que realizam as suas migrações sempre em águas marinhas, como os atuns.

Os peixes anádromos mais estudados são os salmões (ordem Salmoniformes), que desovam nas partes altas dos rios, se desenvolvem no curso do rio e, a certa altura migram para o oceano onde se desenvolvem e depois voltam ao mesmo rio onde nasceram para se reproduzirem. Muitas espécies de salmões têm um grande valor económico e cultural, de forma que muitos rios onde estes peixes se desenvolvem têm barragens com passagens para peixes (chamadas em inglês "fish ladders" ou "escadas para peixes"), que lhes permitem passar para montante da barragem.

O exemplo mais bem estudado de catadromia é o caso da enguia europeia que migra cerca de 6000 km até ao Mar dos Sargaços (na parte central e ocidental do Oceano Atlântico) para desovar, sofrendo grandes metamorfoses durante a viagem; as larvas, por seu lado, migram no sentido inverso, para se desenvolverem nos rios da Europa.

Camuflagem e outras formas de proteção

Alguns peixes se camuflam para fugirem de certos predadores, outros para melhor apanharem as suas presas. Algumas espécies de arraia, por outro lado, se escondem na areia e podem mudar o tom da pele, para suas presas não notarem sua presença no ambiente.

Anatomia dos peixes

Anatomia interna

A - Nadadeira dorsal; B - Raios da nadadeira; C - Linha Lateral; D - Rim; E -Bexiga; F - Aparelho de Weber; G - Ouvido interno; H - Cérebro; I - Narinas; L - Olhos; M - Guelra N - Coração; O - Estômago; P - Vesícula Biliar; Q - Baço; R - Órgãos sexuais internos; S - Nadadeira ventral; T - Coluna; U - Nadadeira anal; V - Nadadeira caudal.

Bexiga natatória

bexiga natatória é um órgão que auxilia o peixe a manter-se a determinada profundidade através do controle da sua densidade relativamente à da água. É um saco de paredes flexíveis, derivado do intestino que pode expandir-se ou contrair de acordo com a pressão; tem muito poucos vasos sanguíneos, mas as paredes estão forradas com cristais de guanina, que a fazem impermeáveis aos gases.

A bexiga natatória possui uma glândula que permite a introdução de gases, principalmente oxigénio, na bexiga, para aumentar o seu volume. Noutra região da bexiga, esta encontra-se em contacto com o sangue através doutra estrutura conhecida por "janela oval", através da qual o oxigénio pode voltar para a corrente sanguínea, baixando assim a pressão dentro da bexiga natatória e diminuindo o seu tamanho.

Nem todos os peixes possuem este órgão: os tubarões controlam a sua posição na água apenas com a locomoção e com o controle de densidade de seus corpos, através da quantidade de óleo em seu fígado; outros peixes têm reservas de tecido adiposo para essa finalidade.

A presença de bexiga natatória traz uma desvantagem para o seu portador: ela proíbe a subida rápida do animal dentro da coluna de água, sob o risco daquele órgão rebentar.

A denominação bexiga natatória foi substituída por vesícula gasosa.

Anatomia externa

Para além de mostrar diferentes adaptações evolutivas dos peixes ao meio aquático, as características externas destes animais (e algumas internas, tais como o número de vértebras) são muito importantes para a sua classificação sistemática.

Forma do corpo

A forma do corpo dos peixes "típicos" – basicamente fusiforme – é uma das suas melhores adaptações à locomoção dentro de água. A maioria dos peixes pelágicos (ver acima), principalmente os que formam cardumes activos, como os atuns, apresentam esta forma "típica".

No entanto, há bastantes variações a esta forma típica, principalmente entre os demersais e nos peixes abissais (que vivem nas regiões mais profundas dos oceanos). Nestes últimos, o corpo pode ser globoso e apresentar excrescências que servem para atrair as suas presas.

A variação mais dramática do corpo dos peixes encontra-se nos Pleuronectiformes, ordem a que pertencem os linguados e as solhas.36 Nestes animais, adaptados a viverem escondidos em fundos de areia, o corpo sofre metamorfoses durante o seu desenvolvimento larvar, de forma que os dois olhos ficam do mesmo lado do corpo – direito ou esquerdo, de acordo com a família.

Muitos outros peixes demersais têm o corpo achatado dorsiventralmente para melhor se confundirem com o fundo. Alguns, como os góbios, que são peixes muito pequenos que vivem em estuários, têm inclusivamente as nadadeiras ventrais transformadas num botão adesivo, para evitarem ser arrastados pelas correntes de maré.

Os Anguilliformes (enguias, congros e moreias) têm o corpo "anguiliforme", ou seja em forma de serpente, assim como algumas outras ordens de peixes.

Nadadeiras

As diversas estruturas da nadadeira

As barbatanas ou nadadeiras são os órgãos de locomoção dos peixes. São extensões da derme (a camada profunda da pele) suportadas por lepidotríquias, que são escamas modificadas e funcionam como os raios das rodas de bicicleta. Por essa razão, chamam-se raios os que são flexíveis, muitas vezes segmentados e |ramificados, ou espinhos, quando são rígidos e podem ser ocos e possuir um canal para a emissão de veneno.

Os números de espinhos e raios nas nadadeiras dos peixes são importantes caracteres para a sua classificação, havendo mesmo chaves dicotómicas para a sua identificação em que este é um dos principais factores.

Tipicamente, os peixes apresentam os seguintes tipos de nadadeiras:

  • uma nadadeira dorsal
  • uma nadadeira anal;
  • uma nadadeira caudal;
  • um par de nadadeiras ventrais (ou nadadeiras pélvicas);
  • um par de nadadeiras peitorais.

Apenas as nadadeiras pares têm relação evolutiva com os membros dos restantes vertebrados.

Algumas ou todas estas nadadeiras podem faltar ou estar unidas - já foi referida a transformação das nadadeiras peitorais dos góbios num disco adesivo – mas as uniões mais comuns são entre as nadadeiras ímpares, como a dorsal com a caudal e anal com caudal (caso de algumas espécies de linguados).

As nadadeiras têm formas e cores típicas em alguns grupos de peixes.

Para além da coloração do corpo, a forma e cor das nadadeiras são decisivas para os aquaristas, de tal forma que chegam a ser produzidas variedades de espécies com nadadeiras espectaculares, como o famoso cauda-de-véu, uma variedade do peixinho-dourado (Carassius auratus).

Alguns grupos de peixes, para além da nadadeira dorsal com espinhos e raios (que podem estar separadas), possuem uma nadadeira adiposa, normalmente perto da caudal. É o caso dos salmões e dos peixes da família do bacalhau (Gadídeos).

Escamas ou placas

pele dos peixes é fundamentalmente semelhante à dos outros vertebrados, mas possui algumas características específicas dos animais aquáticos. O corpo dos peixes está normalmente coberto de muco que, por um lado diminui a resistência da água ao movimento e, por outro, os protege dos inimigos. Embora haja muitos grupos de peixes com pele nua, como as enguias, a maior parte dos peixes tem-na coberta de escamas que, ao contrário dos répteis, têm origem na própria derme.

Os peixes apresentam quatro tipos básicos de escamas:

  • ciclóides, as mais comuns, normalmente finas, subcirculares e com a margem lisa ou finamente serrilhada;
  • ctenóides, também sub-circulares, mas normalmente rugosas e com a margem serrilhada ou mesmo espinhosa;
  • ganóides, de forma sub-romboidal e que podem ser bastante grossas como as dos esturjões; e salmões.
  • placóides, normalmente duras com um ou mais espinhos, de formas variadas.

Alguns grupos de peixes têm o corpo coberto de placas ou mesmo uma armadura rígida, como o peixe-cofre e os cavalos-marinhos. Esta armadura pode estar ornamentada com cristas e espinhos e apresenta fendas por onde saem as nadadeiras.

Linha lateral

Um órgão sensorial específico dos peixes é a linha lateral, normalmente formada por uma fiada longitudinal de escamas perfuradas através das quais corre um canal que tem ligação com o sistema nervoso; aparentemente, este órgão tem funções relacionadas com a orientação, uma espécie de sentido do olfato através do qual os peixes reconhecem as características das massas de água (temperaturasalinidade e outras).

Sistema nervoso e órgãos dos sentidos

Peixes têm sistemas nervosos complexos e seu cérebro é dividido em diferentes partes. O mais anterior, ou frontal, contém as glândulas olfativas. Diferente da maioria dos vertebrados, o cérebro do peixe primeiro processa o senso do olfato antes de todas as ações voluntárias.

Os lobos óticos processam informações dos olhos. O cerebelo coordena os movimentos do corpo enquanto a medula controla as funções dos órgãos internos.

Aproximadamente todos os peixes diurnos possuem olhos bem desenvolvidos com visão colorida. Muitos peixes possuem também células especializadas conhecidas como quimioreceptores, que são responsáveis pelos sentidos de gosto e cheiro.

A maioria dos peixes têm receptores sensitivos que formam o sistema linear lateral, que permite aos peixes detectar correntes e vibrações, bem como o movimento de outros peixes e presas por perto (ver acima).

Em 2003, alguns cientistas escoceses da Universidade de Edimburgo descobriram que os peixes podem sentir dor. Um estudo prévio pelo professor James D. Rose da Universidade de Wyoming dizia que os peixes não podiam sentir dor porque eles não possuíam a parte neocortexal do cérebro, responsável por tal sensação. Peixes como os peixes-gato e tubarões possuem órgãos que detectam pequenas correntes elétricas. Outros peixes, como a enguia elétrica, podem produzir sua própria eletricidade.

Idade de um peixe

É possível saber a idade de um peixe através do exame dos seus "ouvidos". Todos os peixes, com exceção dos tubarões e da arraias, escondem nos ouvidos três pares de otólitos, que são concreções de carbonato de cálcio que servem para a audição e para manter o equilíbrio no meio líquido. O crescimento desses otólitos se faz por depósitos concêntricos sucessivos, cuja espessura e a composição química variam segundo o meio ambiente e a alimentação. Trata-sede um verdadeiro "álbum" que retrata a vida do peixe. 

Preservação

A destruição do habitat

Lista Vermelha da IUCN em 2006 nomeou 1.173 espécies de peixes que estão ameaçadas de extinção. Incluem-se espécies como o bacalhau do Atlântico, Diabo Hole, celacantos, e grandes tubarões brancos. Porque os peixes vivem debaixo d'água são mais difíceis de estudar do que os animais terrestres e plantas, e informações sobre as populações de peixes é muitas vezes inexistente. No entanto, peixes de água doce parecem particularmente ameaçados, porque eles vivem muitas vezes em corpos d'água relativamente pequenos. Por exemplo, o Buraco do Demônio tem apenas 6 metros (10 por 20 pés) para a piscina.

A chave do estresse sobre os ecossistemas de água doce é a degradação do habitat, incluindo a poluição da água, a construção de barragens, a remoção de água para uso por seres humanos, e a introdução de espécies exóticas. Um exemplo de um peixe que se tornou em perigo por causa da mudança de habitat é o esturjão pálido, um peixe norte-americano de água doce que vive nos rios deteriorados pela ação humana.

Pesca excessiva

A pesca excessiva é uma grande ameaça para peixes comestíveis, como o bacalhau e o atum. pesca excessiva, eventualmente, provoca colapso da população (conhecido como estoque), pois os sobreviventes não conseguem produzir o suficiente para substituir aqueles removidos. Extinção comercial Tal não significa que a espécie está extinta, mas apenas que ele não pode mais sustentar uma pescaria.

Um exemplo bem estudado de um colapso da pesca é a sardinha do Pacífico Sadinops pesca ao largo da costa da Califórnia. De um pico de 790.000 toneladas em 1937 a captura declinou para apenas 24.000 toneladas em 1968, após o qual a pesca já não era economicamente viável.

A principal tensão entre a ciência da pesca e da indústria de pesca é que os dois grupos têm opiniões diferentes sobre a resiliência da pesca para a pesca intensiva. Em lugares como a EscóciaTerra Nova, e do Alasca a indústria da pesca é um grande empregador, assim, os governos estão predispostos a apoiá-lo. Por outro lado, cientistas e conservacionistas empurram para a proteção rigorosa, alertando que muitas ações poderim ser dizimado dentro de cinqüenta anos.

As espécies exóticas

Introdução de espécies não-nativas ocorreu em muitos habitats. Um dos melhores exemplos estudados é a introdução da perca do Nilo no Lago Vitória, na década de 1960. A perca do Nilo gradualmente exterminada do lago de 500 espécies endêmicas de ciclídeos. Alguns deles sobrevivem agora em programas de reprodução em cativeiro, mas outros são provavelmente extinta. Carp, snakeheads, tilápia, poleiro europeu, truta, truta arco-íris, e lampreias marinhas são outros exemplos de peixes que têm causado problemas ao serem introduzidos em ambientes considerados alienígenas.

Classificação sistemática

A classificação simplificada no topo desta página é a mais próxima da utilizada por Lineu, mas esconde algumas características importantes que fazem deste grupo dos "Peixes", um agregado de espécies com diferentes aspectos evolutivos. Por essa razão, as classificações mais recentes abandonaram alguns taxa tradicionais:

A partir deste ponto, os estudos evolutivos mostraram divergências:

taxon classe tem sido usado (e, na Wikipedia em inglês, encontramos vários exemplos) para vários clades diferentes. Por essa razão, e até os taxonomistas acordarem numa forma de classificação científica consensual, devemos abster-nos de utilizar esse taxon. Os peixes, tanto espécies existentes como fósseis, dividem-se pelos seguintes clades:

Dentro dos vertebrados, consideram-se os clades

e mais sete grupos fósseis.

Dentro dos Gnathostomata, são aceites os seguintes clades:

Dentro dos Teleostomi

Dentro dos Osteichthyes

Dentro desta classificação, os tradicionais taxa Agnatha (peixes sem maxilas), Ostracodermi (formas fósseis sem maxilas) e Cyclostomata (peixes sem maxilas, como as mixinas e lampréias) não devem ser utilizados, uma vez que não são monofiléticos60 .

Galeria

 

Pescadores de Sesimbrapuxando a rede.

 

Barco de pesca utilizado na pesca de cerco

 

Aquário tropical de água doce de biótopo típico da região do rio Amazonas.

 

Um tubarão-enfermeiro(Ginglymostoma cirratum) repousando no fundo do oceano.

 

Peixe-gato

 

Peixe-rei

 

Peixe-porco

 

Perciformes

 

Peixe-balão

 

Peixe-tigre

TODOS OS SERES VIVOS CRIADOS POR DEUS, POSSUEM UMA FUNÇÃO ESPECÍFICA EM SUAS VIDAS, CUJO OBJETIVO É AUXILIAR O ECOSSISTEMA NA VIDA DO HOMEM/MULHER, PROVOCANDO O EQUILIBRIO DO REFERIDO, SERVINDO INCLUSIVE PARA A ALIMENTAÇÃO, EVITANTO O PREDOMÍNIO DE QUALQUER RAÇA, MANTENDO O CONTRÔLE COMO LHES FOI DETERMINADO PELO CRIADOR.


CLICK NA FOTO OU NO RESULTADO
DE IMAGEM E VEJA MUITO MAIS...

 

 

Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
480 × 360 - palavra10.comunidades.net
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
2 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
5 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
1 dia atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
4 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
3 dias atrás
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.
Resultado de imagem para IMAGENS DA UTILIDADE DOS ANIMAIS AQUÁTICOS CRIADOS POR DEUS.

COMO ABENÇOAR AQUELES QUE TU AMAS

 

O Senhor te abençoe e te guarde; O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Livro de Números, Capítulo 6, Versículos 22 ao 27. 


FLORES PARA TUA VIDA

 

http://youtu.be/_KONToq43vU

http://youtu.be/8FO9kBPXxzU

http://youtu.be/-AIsA33LMh4

http://youtu.be/O5uB9J14h4k


PREVISÃO DO TEMPO, CLIK NOS LINKS ABAIXO:

http://www.climatempo.com.br/videos/sudeste


LEIA A BÍBLIA E ELA SE TORNARÁ

 O TEU AMULETO  E TALISMà


SERVIDÃO SOB OS MEDIANITAS

 

Porém os filhos de Israel fizeram o que era mau aos olhos do SENHOR; e o SENHOR os deu nas mãos dos midianitas por sete anos.
E, prevalecendo a mão dos midianitas sobre Israel, fizeram os filhos de Israel para si, por causa dos midianitas, as covas que estão nos montes, as cavernas e as fortificações.
Porque sucedia que, semeando Israel, os midianitas e os amalequitas, e também os do oriente, contra ele subiam.
E punham-se contra ele em campo, e destruíam os frutos da terra, até chegarem a Gaza; e não deixavam mantimento em Israel, nem ovelhas, nem bois, nem jumentos.
Porque subiam com os seus gados e tendas; vinham como gafanhotos, em grande multidão que não se podia contar, nem a eles nem aos seus camelos; e entravam na terra, para a destruir.
Assim Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas; então os filhos de Israel clamaram ao Senhor.
E sucedeu que, clamando os filhos de Israel ao Senhor por causa dos midianitas,
Enviou o Senhor um profeta aos filhos de Israel, que lhes disse: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Do Egito eu vos fiz subir, e vos tirei da casa da servidão;
E vos livrei da mão dos egípcios, e da mão de todos quantos vos oprimiam; e os expulsei de diante de vós, e a vós dei a sua terra.
E vos disse: Eu sou o Senhor vosso Deus; não temais aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; mas não destes ouvidos à minha voz.

O ANJO FALA COM GIDEÃO

Então o anjo do Senhor veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas.
Então o anjo do Senhor lhe apareceu, e lhe disse: O Senhor é contigo, homem valoroso.
Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas.
Então o Senhor olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu?
E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.
E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.
E ele disse: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo.
Rogo-te que daqui não te apartes, até que eu volte e traga o meu presente, e o ponha perante ti. E disse: Eu esperarei até que voltes.
E entrou Gideão e preparou um cabrito e pães ázimos de um efa de farinha; a carne pôs num cesto e o caldo pôs numa panela; e trouxe-lho até debaixo do carvalho, e lho ofereceu.
Porém o anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os pães ázimos, e põe-nos sobre esta penha e derrama-lhe o caldo. E assim fez.
E o anjo do Senhor estendeu a ponta do cajado, que estava na sua mão, e tocou a carne e os pães ázimos; então subiu o fogo da penha, e consumiu a carne e os pães ázimos; e o anjo do Senhor desapareceu de seus olhos.
Então viu Gideão que era o anjo do SENHOR e disse: Ah, Senhor DEUS, pois vi o anjo do SENHOR face a face.
Porém o Senhor lhe disse: Paz seja contigo; não temas; não morrerás.
Então Gideão edificou ali um altar ao SENHOR, e chamou-lhe: O SENHOR É PAZ; e ainda até o dia de hoje está em Ofra dos abiezritas.
E aconteceu naquela mesma noite, que o Senhor lhe disse: Toma o boi que pertence a teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derruba o altar de Baal, que é de teu pai; e corta o bosque que está ao pé dele.
E edifica ao Senhor teu Deus um altar no cume deste lugar forte, num lugar conveniente; e toma o segundo boi, e o oferecerás em holocausto com a lenha que cortares do bosque.
Então Gideão tomou dez homens dentre os seus servos, e fez como o Senhor lhe dissera; e sucedeu que, temendo ele a casa de seu pai, e os homens daquela cidade, não o fez de dia, mas fê-lo de noite.
Levantando-se, pois, os homens daquela cidade, de madrugada, eis que estava o altar de Baal derrubado, e o bosque estava ao pé dele, cortado; e o segundo boi oferecido no altar que fora edificado.
E uns aos outros disseram: Quem fez esta coisa? E, esquadrinhando, e inquirindo, disseram: Gideão, o filho de Joás, fez esta coisa.
Então os homens daquela cidade disseram a Joás: Tira para fora a teu filho; para que morra; pois derribou o altar de Baal, e cortou o bosque que estava ao pé dele.
Porém Joás disse a todos os que se puseram contra ele: Contendereis vós por Baal? Livrá-lo-eis vós? Qualquer que por ele contender ainda esta manhã será morto; se é deus, por si mesmo contenda; pois derrubaram o seu altar.
Por isso naquele dia lhe chamaram Jerubaal, dizendo: Baal contenda contra ele, pois derrubou o seu altar.
E todos os midianitas e amalequitas, e os filhos do oriente se ajuntaram, e passaram, e acamparam no vale de Jizreel.
Então o Espírito do SENHOR revestiu a Gideão, o qual tocou a buzina, e os abiezritas se ajuntaram após ele.
E enviou mensageiros por toda a tribo de Manassés, que também se ajuntou após ele; também enviou mensageiros a Aser, e a Zebulom, e a Naftali, que saíram-lhe ao encontro.
E disse Gideão a Deus: Se hás de livrar a Israel por minha mão, como disseste,
Eis que eu porei um velo de lã na eira; se o orvalho estiver somente no velo, e toda a terra ficar seca, então conhecerei que hás de livrar a Israel por minha mão, como disseste.
E assim sucedeu; porque no outro dia se levantou de madrugada, e apertou o velo; e do orvalho que espremeu do velo, encheu uma taça de água.
E disse Gideão a Deus: Não se acenda contra mim a tua ira, se ainda falar só esta vez; rogo-te que só esta vez faça a prova com o velo; rogo-te que só o velo fique seco, e em toda a terra haja o orvalho.
E Deus assim fez naquela noite; pois só o velo ficou seco, e sobre toda a terra havia orvalho.

Juízes 6:1-40


 O PROGRESSO E A GLÓRIA DE SIÃO

 

Canta alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR.
Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.
Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.
Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.
Porque o teu Criador é o teu marido; o Senhor dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra.
Porque o Senhor te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora desprezada, diz o teu Deus.
Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei;
Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o Senhor, o teu Redentor.
Porque isto será para mim como as águas de Noé; pois jurei que as águas de Noé não passariam mais sobre a terra; assim jurei que não me irarei mais contra ti, nem te repreenderei.
Porque os montes se retirarão, e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de ti, e a aliança da minha paz não mudará, diz o Senhor que se compadece de ti.
Tu, oprimida, arrojada com a tormenta e desconsolada, eis que eu assentarei as tuas pedras com todo o ornamento, e te fundarei sobre as safiras.
E farei os teus vitrais de rubis, e as tuas portas de carbúnculos, e todos os teus termos de pedras aprazíveis.
E todos os teus filhos serão ensinados do Senhor; e a paz de teus filhos será abundante.
Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti.
Eis que seguramente poderão vir a juntar-se contra ti, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti cairá por causa de ti.
Eis que eu criei o ferreiro, que assopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para destruir.
Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o Senhor.


Isaías 54:1-17 


DANIEL NA COVA DOS LEÕES

 

E pareceu bem a Dario constituir sobre o reino cento e vinte príncipes, que estivessem sobre todo o reino;
E sobre eles três presidentes, dos quais Daniel era um, aos quais estes príncipes dessem conta, para que o rei não sofresse dano.
Então o mesmo Daniel sobrepujou a estes presidentes e príncipes; porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava constituí-lo sobre todo o reino.
Então os presidentes e os príncipes procuravam achar ocasião contra Daniel a respeito do reino; mas não podiam achar ocasião ou culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa.
Então estes homens disseram: Nunca acharemos ocasião alguma contra este Daniel, se não a acharmos contra ele na lei do seu Deus.
Então estes presidentes e príncipes foram juntos ao rei, e disseram-lhe assim: Ó rei Dario, vive para sempre!
Todos os presidentes do reino, os capitàes e príncipes, conselheiros e governadores, concordaram em promulgar um edito real e confirmar a proibição que qualquer que, por espaço de trinta dias, fizer uma petição a qualquer deus, ou a qualquer homem, e não a ti, ó rei, seja lançado na cova dos leões.
Agora, pois, ó rei, confirma a proibição, e assina o edito, para que não seja mudado, conforme a lei dos medos e dos persas, que não se pode revogar.
Por esta razão o rei Dario assinou o edito e a proibição.
Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.
Então aqueles homens foram juntos, e acharam a Daniel orando e suplicando diante do seu Deus.
Então se apresentaram ao rei e, a respeito do edito real, disseram-lhe: Porventura não assinaste o edito, pelo qual todo o homem que fizesse uma petição a qualquer deus, ou a qualquer homem, por espaço de trinta dias, e não a ti, ó rei, fosse lançado na cova dos leões? Respondeu o rei, dizendo: Esta palavra é certa, conforme a lei dos medos e dos persas, que não se pode revogar.
Então responderam ao rei, dizendo-lhe: Daniel, que é dos filhos dos cativos de Judá, não tem feito caso de ti, ó rei, nem do edito que assinaste, antes três vezes por dia faz a sua oração.
Ouvindo então o rei essas palavras, ficou muito penalizado, e a favor de Daniel propôs dentro do seu coração livrá-lo; e até ao pôr do sol trabalhou para salvá-lo.
Então aqueles homens foram juntos ao rei, e disseram-lhe: Sabe, ó rei, que é lei dos medos e dos persas que nenhum edito ou decreto, que o rei estabeleça, se pode mudar.
Então o rei ordenou que trouxessem a Daniel, e lançaram-no na cova dos leões. E, falando o rei, disse a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará.
E foi trazida uma pedra e posta sobre a boca da cova; e o rei a selou com o seu anel e com o anel dos seus senhores, para que não se mudasse a sentença acerca de Daniel.
Então o rei se dirigiu para o seu palácio, e passou a noite em jejum, e não deixou trazer à sua presença instrumentos de música; e fugiu dele o sono.
Pela manhã, ao romper do dia, levantou-se o rei, e foi com pressa à cova dos leões.
E, chegando-se à cova, chamou por Daniel com voz triste; e disse o rei a Daniel: Daniel, servo do Deus vivo, dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te dos leões?
Então Daniel falou ao rei: Ó rei, vive para sempre!
O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum.
Então o rei muito se alegrou em si mesmo, e mandou tirar a Daniel da cova. Assim foi tirado Daniel da cova, e nenhum dano se achou nele, porque crera no seu Deus.
E ordenou o rei, e foram trazidos aqueles homens que tinham acusado a Daniel, e foram lançados na cova dos leões, eles, seus filhos e suas mulheres; e ainda não tinham chegado ao fundo da cova quando os leões se apoderaram deles, e lhes esmigalharam todos os ossos.
Então o rei Dario escreveu a todos os povos, nações e línguas que moram em toda a terra: A paz vos seja multiplicada.
Da minha parte é feito um decreto, pelo qual em todo o domínio do meu reino os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre, e o seu reino não se pode destruir, e o seu domínio durará até o fim.
Ele salva, livra, e opera sinais e maravilhas no céu e na terra; ele salvou e livrou Daniel do poder dos leões.
Este Daniel, pois, prosperou no reinado de Dario, e no reinado de Ciro, o persa.


Daniel 6:1-28


 ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO A DEUS

  

Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome, venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu. Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano, e perdoa os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas em tentação, mas livro-nos do mal. DEUS eu te agradeço por tudo o que fizestes no dia de hoje, nos dias anteriores e o que tu farás daqui para frente, a mim, a minha casa, a meus parentes, a meus amigos e irmãos de fé, pela nossa vida e saúde, por tudo o que tu nos dá de comer, beber, vestir, calçar, andar, estudar, trabalhar, ir e vir, pela tua justiça, pela tua verdade e reputação, pelo dia, pelo sol, pela luz, pelas nuvens, pelas chuvas, pelas noites, pela lua, pelas estrelas, por vermos, ouvirmos, falarmos, pelos nossos paladares, olfatos e tatos, pelos montes, montanhas, planaltos e planícies, pelos lagos, rios e mares, pelas ervas, árvores e frutos, pelos animais terrestres e aquáticos e por tudo o mais que tu nos dá no dia a dia. Eu entrego em tuas mãos todos os meus inimigos, os da minha casa, parentes, amigos e irmãos de fé. Pai teu é o reino, teu é o poder e tua é toda a glória. Amém (que assim seja).


 CUIDADORA DE IDOSOS

danicris.louro39@gmail.com

 

Cuidado em domicílio

Cuidado em domícilio ou apoio domiciliário, por vezes descrita em seu termo em inglês, home care, é uma especialização na área da saúde com uma visão bem diferente da hospitalocêntrica: ao invés do paciente ir até o hospital ser tratado, os profissionais de saúde vão até sua casa tratá-lo.

Vantagens

  • O paciente é tratado fora do hospital e em contato com a família. Isso é bom, uma vez que o ambiente hospitalar, para muitos, não é confortável e causa estresse;
  • O paciente fica menos exposto aos riscos infectológicos existentes no âmbito hospitalar;
  • Melhora a "autonomia" do paciente;
  • Melhora a "privacidade" do paciente.
  • Diminui o custo do tratamento para o sistema de saúde.

Público alvo

Pacientes com patologias estáveis, quase sempre portadores de doenças crônicas, como doenças neurológicas degenerativas e músculo-esqueléticas usualmente são tratados por intermédio de cuidados paliativos em hospitais, hospices (termo em inglês) e cuidados em domicílio (home care em inglês). Entretanto o hospice ou o home care não podem ser vistos apenas como uma alternativa para pacientes crônicos ou idosos, devem ser vistos como alternativa para todas as idades e patologias, contanto que o paciente esteja clinicamente estável.

Cuidados dispensados aos pacientes domiciliares

O paciente recebe um tratamento similar ao dado em um hospital, com toda estrutura necessária para sua estabilidade no ambiente doméstico, como sonda, cateter, soro-terapia, oxigeno-terapia, dentre outros. É traçada uma rotina para o cuidado ao paciente envolvendo todas as suas necessidades básicas e avançadas. É um trabalho interdisciplinar e pode envolver médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, dentre outros. Durante a assistência é eleito pela família um cuidador (que pode ser contratado ou escolhido entre seus familiares) para ser treinado no auxilio do paciente para suas atividades de vida diária como alimentação, banho, transporte, utilização do banheiro e etc...

Importância da Home Care

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos tem acarretado para o Brasil uma população cada vez mais idosa. O problema não é envelhecer, mas envelhecer sem qualidade. O Brasil não está se desenvolvendo paralelamente à população e isto está causando uma população idosa e sem saúde. A superlotação dos serviços de saúde é consequencial, assim como os problemas previdenciários. A Home Care vem auxiliar no tratamento aos pacientes crônicos e estáveis, e um dos objetivos é tirar o paciente do hospital, sendo que ele pode ser tratado em casa. É menos custoso para o Serviço Público e menos incômodo para o paciente, que poderia passar meses ou anos num hospital, já que sua doença é crônica e/ou degenerativa.

Disponibilidade de Home Cares no Brasil

Apesar de todos esses benefícios, existem poucas home cares no Brasil, principalmente nas cidades do interior. Com isso, os pacientes enchem os hospitais, sendo que, na maioria das vezes, eles poderiam ser tratados em hospices ou em domicílio.

Mas existem três pontos que justificariam essa não disponibilidade de Home Cares no mercado:

  • Os cursos de especialização encontram-se apenas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte;
  • Existem poucos profissionais especializados na área;
  • É algo novo na área da saúde, inclusive com poucas referências bibliográficas.

Demência  danicris.louro39@gmail.com

Demência (do latim de: 'falta, diminuição + mens, genitivo mentis: 'mente') é a perda ou redução progressiva das capacidades cognitivas, de forma parcial ou completa, permanente ou momentânea e esporádica, suficientemente importante a ponto de provocar uma perda de autonomia do indivíduo.

Dentre as causas potencialmente reversíveis estão disfunções metabólicas, endócrinas e hidro eletrolíticas, quadros infecciosos, déficits nutricionais, distúrbios psiquiátricos, como a depressão (pseudodemência depressiva) e as doenças passíveis de tratamento neurocirúrgico, principalmente a hidrocefalia do idoso (hidrocefalia de pressão normal), hematoma subdural crônico, higroma e tumores cerebrais.

Tipicamente, essa alteração cognitiva provoca a incapacidade de realizar atividades da vida diária. Os déficits cognitivos podem afetar qualquer das funções cerebrais, particularmente as áreas da memória, a linguagem (afasia), a atenção, as habilidades visuo construtivas, as práxias e as funções executivas, como a resolução de problemas e a inibição de respostas. A demência pode afetar também a compreensão, a capacidade de identificar elementos de uso cotidiano, o tempo de reação e os traços da personalidade. Durante a evolução da doença, pode-se observar a perda de orientação espaço-temporal e de identidade. À medida que a doença avança, os dementes também podem apresentar traços psicóticos, depressivos e delírios ou alucinações.

Embora a alteração da memória possa, em poucos casos, não ser um sintoma inicialmente dominante, é alteração típica da atividade cognitiva nas demências - sobretudo para a mais frequente delas, ligada à doença de Alzheimer -, e sua presença é condição essencial para o diagnóstico.

A depender da origem etiológica, a demência pode ser reversível ou irreversível.

Prevalência

O envelhecimento da população leva a um aumento das doenças crônicas e degenerativas, acarretando um maior custo-paciente na área de saúde e a necessidade de inúmeras adaptações sociais, ambientais e econômicas. É provável que, em 2025, o Brasil se torne o 6º país com mais idosos no mundo. O número de vítimas de demências aumenta exponencialmente com a idade afetando apenas 1,1% dos idosos entre 65 e 70 anos e mais de 65% depois dos 100 anos. A média em São Paulo no ano de 1998 na população acima de 65 anos foi estimada em 7,1%. Porém, como é muito sub-diagnosticada, maior nas áreas rurais e com níveis educacionais mais baixos e tem aumentado muito nos últimos anos é provável que atualmente esteja por volta de 21,9% entre os maiores de 65 anos. A doença de Alzheimer, o tipo de demência mais comum, é mais comum em mulheres enquanto as demências vasculares, segundo tipo mais comum, são mais comuns em homens.

Os custos com demência no mundo passam de 600 bilhões, custo maior do que o de qualquer empresa do mundo. A estimativa da Alzheimer’s Disease International (ADI) é de que em 2010 havia 35,6 milhões de pessoas vivendo com demência no mundo. Este número deve subir para 65,7 milhões até 2030 e 115,4 milhões até 2050. No Brasil, estima-se que entre 70% e 94% dos pacientes com demência vivam em casa, subindo para 90 a 95% nas áreas rurais, média muito acima da dos países desenvolvidos que fica por volta de 66%.

  <100
  100-120
  120-140
  140-160
  160-180
  180-200
  200-220
  220-240
  240-260
  260-280
  280–300
  >300

A prevalência média de demência, acima dos 65 anos de idade, é de 2,2% na África, 5,5% na Ásia, 6,4% na América do Norte, 7,1% na América do Sul e 9,4% na Europa.

Tipos

A demência é um termo geral para várias doenças neurodegenerativas que afetam principalmente as pessoas da terceira idade. Todavia a expressão demência senil, embora ainda apareça na literatura, tende a cair em desuso. A maior parte do que se chamava demência pré-senil é de fato a doença de Alzheimer, que é a forma mais comum de demência neurodegenerativa em pessoas de idade. Embora existam casos raros diagnosticados de pessoas na faixa de idade que vai dos 17 anos aos 50 anos e a prevalência na faixa etária de 60 aos 65 anos esteja abaixo de 1%, a partir dos 65 anos ela praticamente duplica a cada cinco anos. Depois dos 85 anos de idade, atinge 30 a 40% da população.

Segundo a Organização Mundial da Saúde a exposição aos disruptores endócrinos poderá desencadear a doença de Alzheimer.

A demência pode ser descrita como um quadro clínico de declínio geral na cognição como também de prejuízo progressivo funcional, social e profissional. As demências mais comuns são:

No dicionário internacional de doenças outras demências são classificadas como:

CID 10 - F02.0 Demência da doença de Pick
CID 10 - F02.1 Demência na doença de Creutzfeldt-Jakob
CID 10 - F02.2 Demência na doença de Huntington
CID 10 - F02.3 Demência na doença de Parkinson
CID 10 - F02.4 Demência na doença pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV)

Esses diagnósticos não são exclusivos sendo possível, por exemplo, a existência de Alzheimer simultaneamente com uma demência vascular. Outras classificações incluem a demência na Síndrome de Korsakoff.

Demência reversiva

Há fatores que podem causar demência e que podem ser revertidos. 

  • O uso de drogas
  • Depressão
  • Hipotiroidismo, encefalite de Hashimoto
  • Perda progressiva de visão e audição
  • Infecções , SIDA, sífilis
  • Deficiência de vitamina b12, ácido fólico: anemia.
  • Tumores, hidrocefalia
  • Reações tóxicas a medicamentos: antidepressivos, antihistaminicos, anticonvulsivos, corticosteroides, sedativos, antiparkinsonianos, anticonvulsivos, antiansiolíticos 

Tratamento integrativo

Um tratamento integrativo foi proposto em um estudo  cuja amostra foi formada por 35 pacientes (20 do sexo masculino, 15 do feminino) com uma idade média de 71,05 anos, diagnosticados com demência moderada e depressão. O tratamento proposto pelos autores incluiu: antidepressivos (sertralina, citalopram ou venlafaxina XR, apenas ou em combinação com bupropiona XR), inibidores de colinesterase (donepezil, rivastigmine ou galantamine), como também vitaminas e suplementos (multivitaminas, vitamina E, ácido alfa lipóico, omega-3 e coe