DEUS NÃO É RELIGIÃO OU SEITA, POIS RELIGIÕES E SEITAS SÃO COISAS DOS HOMENS E MULHERES, COMO AS CRENDICES.

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32 - Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17 - Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna. João 6:47 - Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13:8.


O AMOR DE DEUS PARA COM OS SERES HUMANOS, É ABSOLUTAMENTE INCONDICIONAL, POIS OS CRIOU A SUA IMAGEM E SEMELHANÇA EM ESPÍRITO, E NÃO PODE NEGAR-SE A SI PRÓPRIO.


www.palavra10.com, é o maior site de receitas culinárias do mundo. São aproximadamente 1.500.000 receitas culinárias, com fotos dos pratos  (alimentos preparados). Clicando nas fotos você verá as receitas e os modos de preparos, entre outras orientações e divulgações. Neste site você encontra orientações pessoais, que se tornam uma autoajuda necessária para os problemas pessoais diários. Confira tudo.

 COMPARTILHE O SITE www.palavra10.com COM SEUS AMIGOS E PARENTES.


 CRIAÇÃO DA RAÇA HUMANA RACIONAL
Existem dois períodos distintos e importantes na criação da vida humana. 1º Período: Antes da criação do homem racional (pré-história) e 2º Período após a criação do homem racional, este último citado na Bíblia, em Gênesis Capítulo 1º (criação dos espíritos do homem e da mulher), e Gênesis, Capítulo 2º (criação dos corpos do homem e da mulher). É muito grande a falta de entendimento dos Ciêntistas e dos Religiosos, tornado-os radicais.


 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
PALAVRA10
O QUE VOCÊ ACHA DESTE SITE?
ÓTIMO
BOM
REGULAR
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (5468 votos)




ONLINE
9





Partilhe esta Página





 

 


INJUSTIÇA NA ENCICLOPÉDIA E NA BÍBLIA
INJUSTIÇA NA ENCICLOPÉDIA E NA BÍBLIA

INJUSTIÇA NA ENCICLOPÉDIA E NA

BÍBLIA

 

Injustiça é a falta ou ausência de justiça, seja em referência a um evento, ato ou situação de fato. Pode estar referida a um sujeito ou grupo social.

Injustiça é quando, além de a justiça não ser respeitada por algum (ns) indivíduo(s), houver impunidade para esses que burlaram o sistema jurídico, ético ou moral.

A injustiça também existe como causa de problemas de relacionamento

INTRODUÇÃO 

Nos meios de comunicação temos colhido informações que nos falam de crianças carentes passando fome e frio, de famílias sem-teto, de desempregados, de má distribuição da renda, etc., deixando-nos aturdidos com tanta “Injustiça Social”.

Na verdade, Injustiça Social nada mais é do que o fato de existir na sociedade situações que favoreçam apenas uma porcentagem (geralmente menor) da população enquanto outra parte fica sem acesso aos meios, essenciais ou não, para o homem.

Ao fazermos a pesquisa, vimos o quanto é abrangente o assunto que nos ficou encarregado. Por isso, no decorrer do trabalho, citaremos alguns dos pontos que faz parte da Injustiça Social.

FOME

Entre as calamidades que, periodicamente, assolam a Terra, destaca-se a fome como remanescente do primarismo evolutivo na área social em que se encontra a criatura humana.

Em uma sociedade civilizada, na qual alguém morre pela fome, o respeito à vida e à dignidade humana desapareceram por completo.

A fome sempre desempenhou papel principal na cultura dos povos, tornando-se célebres por sua hediondez os períodos em que se manifestou no Egito e na Idade Média, várias vezes durante as guerras, particularmente a dos Cem Anos, e que se vem repetindo nos países pobres da África, da Ásia e das Américas, nos tempos modernos.

Numa sociedade justa não poderia manifestar-se com a rudeza destruidora o fantasma da fome, porque o mínimo direito que tem o cidadão é o de alimentar-se.

Mais cruel ainda se apresenta o fenômeno da fome, quando se a pode prever, e, naturalmente evitar, ou, pelo menos, tomarem-se medidas que lhe diminuam a gravidade, atenuando as conseqüências terríveis do rastro de destruição que deixa.

Não apenas é hedionda a morte pela fome, como também são os efeitos lamentáveis dela decorrentes, quais a carência de nutrição do organismo, expressando-se através de problema mental, emocional e orgânico.

O indivíduo com fome torna-se violento e agride, qual ocorre com o animal que sai, esfaimado, à caça, sendo pior naquele que vê a família em estertor agônico, entre a alucinação e o crime, por absoluta falta de pão.

São diversos os fatores que respondem pela fome no mundo, entre os quais: a superfície arável do planeta, que é insuficiente para atender as necessidades humanas; o poder aquisitivo diminuto ou quase nulo do povo; o aumento demográfico sempre surpreendente; o pequeno rendimento de produção por hectare; a dificuldade de transporte para os alimentos; as variações climáticas; os hábitos irregulares e de má formação para a alimentação; e, sobretudo, a avareza humana, o desinteresse dos governos quando insensíveis e gananciosos.

Demonstração de impiedade incomum é a presença da fome na Terra, porquanto o excesso que é desperdiçado daria para minimizar o fantasma do desespero de milhões de criaturas relegadas ao abandono e à morte.

As providências de emergência são úteis, sem dúvida, tendo, porém, um caráter mais de libertação de consciência de culpa, do que mesmo de socorro às multidões desorientadas, cujas fácies desfiguradas assustam os que dormem dementados pelo poder e dissociados da responsabilidade de cumprir com os deveres para com aqueles que os elegeram para as altas funções administrativas, nesse momento temendo que os famintos os derrubem da posição que desfrutam...

Com exceção dos ditadores, que sempre governaram com a criminosa adaga da discriminação, reservando celeiros abastecidos para os soldados que os preservam no comando, tornando-se execráveis, os Chefes de Estados Democráticos têm o dever de evitar a fome ou de recorrer a métodos e técnicas que lhe diminuam os efeitos danosos.

Uma sociedade justa é aquela que vela pelos seus membros mais necessitados, contribuindo com os recursos para elevar os seus cidadãos, oferecendo-lhes as condições a que fazem jus, desde a conquista dos direitos humanos após a Revolução Francesa de 1789, quando a hediondez e a perversidade governamental cederam lugar à liberdade, à fraternidade e à igualdade.

Permanecem, no entanto, ainda hoje, várias condições equivalentes àquelas que os filósofos da Revolução tentaram reverter, e para cujo desiderato alguns deles deram o sangue e a vida, sonhando com o dia em que todos os seres humanos pudessem usufruir, pelo menos, alimentos, habitação, educação, trabalho, saúde, recreação, que ainda lhes são negados.

Em uma sociedade livre e competitiva, não se deve apenas dar alimentos durante as situações calamitosas, mas sim, criar condições para que eles existam e sejam conquistados dignamente, ao invés de oferecidos como esmolas ou ações caridosas, em cujas oportunidades as mesmas se transformam em bandeiras políticas ou estribilhos de exaltação religiosa, exibindo os miseráveis à compaixão social, quando todos merecem, em vez disso, respeito e oportunidade.

A indústria da fome, por outro lado, tem sido mantida para auxiliar indivíduos ignóbeis, que dela se utilizam para ilusórias promessas eleitoreiras periódicas, quando se afirma que será prontamente eliminada.

Conseguidos os fins almejados, porém, a máquina do desinteresse pelo povo continua mantendo-a, a fim de estar ultrajante e mais grave em próxima oportunidade.

Paradoxalmente, os arsenais bélicos dos países desenvolvidos acumulam armas de alto poder destrutivo, que consomem bilhões de dólares anualmente, objetivando a destruição e a morte, quando esse dinheiro poderia ser utilizado para a preservação e o enobrecimento de milhões de vidas, eliminando a fome e as doenças que as espreitam.

Por outro lado, armazéns e silos espalhados pelo mundo inteiro estão abarrotados de grãos, aguardando a aceleração e alta de preços, muitos deles produzindo elevadas despesas, enquanto parte das suas reservas apodrecem ou são devoradas pelas pragas, estimulando as multidões esfaimadas a apelarem para o saque, para a desordem, para a violência alucinada. Em algumas circunstâncias e lugares, são estimuladas por outros interesses, igualmente sórdidos, face à ultrajante medida dos governantes que não tomam providências preventivas nem organizam frentes de trabalho, com a abertura de poços e açudes para reverter a situação na primeira oportunidade, pagando condignamente o esforço rude dos trabalhadores com salários justos e através desses alimentos esquecidos.

DESIGUALDADE NO MERCADO DE TRABALHO 

Os dados sobre a desigualdade no mercado de trabalho brasileiro confirmam a persistência de velha chaga social. Segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgado na terça-feira, negros e pardos têm menos oportunidades que os brancos.

Os dados sobre a desigualdade no mercado de trabalho brasileiro confirmam a persistência de velha chaga social. Segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgado na terça-feira, negros e pardos têm menos oportunidades que os brancos. As atividades por eles exercidas exigem menor qualificação. Em conseqüência, os salários são mais baixos. Os números mostram retrato de corpo inteiro da enorme injustiça existente no país. Os negros e pardos somam quase metade da população. Nada menos que 46%. Mas o rendimento médio dos que encontram Sudeste. Na região mais desenvolvida do Brasil, os brancos receberam a média mensal de 4,5 salários mínimos em 2001; os negros, 2,3; os pardos, 2,2.

A pesquisa apresenta dado capaz de explicar a disparidade da remuneração. O grupo étnico menos privilegiado encontra ocupação na agricultura, construção civil e prestação de serviços, sobretudo domésticos. São atividades que requerem limitada escolaridade e pouca qualificação.

Forma-se um círculo vicioso. Os não-brancos ganham menos porque trabalham em atividades que remuneram mal. Eles trabalham em atividades que remuneram mal porque lhes faltam condições de disputar empregos que pagam salários mais altos. Sem renda suficiente, ficam impossibilitados de buscar melhor qualificação e, com isso, ascender socialmente. O desnível decorre muito mais da pobreza que da cor. Eis, aí, sem dúvida, o nó que precisa ser desatado para diminuir a injustiça reinante na sociedade brasileira há 500 anos. Políticas compensatórias são bem-vindas no curto prazo. Elas mantêm as crianças nas salas de aula e evitam a entrada precoce de jovens no mercado de trabalho. Mas não constituem a resposta definitiva para o problema. Impõe-se oferecer as condições que permitam à população negra e parda disputar com a branca melhores postos no mercado de trabalho.

O desafio passa necessariamente pela excelência da escola pública. Só com acesso ao ensino de alto nível, à tecnologia de ponta, à leitura diversificada, é possível tornar democrática a disputa pelos bons empregos. Em suma: fortalecendo o elo fraco da corrente, abre-se a possibilidade de diminuir o fosso que separa pobres e ricos.

A QUESTÃO DA REFORMA AGRÁRIA: VELHO DESAFIO BRASILEIRO

A má distribuição de terra no Brasil tem razões históricas, e a luta pela reforma agrária envolve aspectos econômicos, políticos e sociais. A questão fundiária atinge os interesses de um quarto da população brasileira que tira seu sustento do campo, entre grandes e pequenos agricultores, pecuaristas, trabalhadores rurais e os sem-terra. Montar uma nova estrutura fundiária que seja socialmente justa e economicamente viável é dos maiores desafios do Brasil. Na opinião de alguns estudiosos, a questão agrária está para a República assim como a escravidão estava para a Monarquia. De certa forma, o país se libertou quando tornou livre os escravos. Quando não precisar mais discutir a propriedade da terra, terá alcançado nova libertação.

Com seu privilégio territorial, o Brasil jamais deveria ter o campo conflagrado. Existem mais de 371 milhões de hectares prontos para a agricultura no país, uma área enorme, que equivale aos territórios de Argentina, França, Alemanha e Uruguai somados. Mas só uma porção relativamente pequena dessa terra tem algum tipo de plantação. Cerca da metade destina-se à criação de gado. O que sobra é o que os especialistas chamam de terra ociosa. Nela não se produz 1 litro de leite, uma saca de soja, 1 quilo de batata ou um cacho de uva. Por trás de tanta terra à toa esconde-se outro problema agrário brasileiro. Até a década passada, quase metade da terra cultivável ainda estava nas mãos de 1% dos fazendeiros, enquanto uma parcela ínfima, menos de 3%, pertencia a 3,1 milhões de produtores rurais.

"O problema agrário no país está na concentração de terra, uma das mais altas do mundo, e no latifúndio que nada produz", afirma o professor José Vicente Tavares dos Santos, pró-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em comparação com os vizinhos latino-americanos, o Brasil é um campeão em concentração de terra. Não sai da liderança nem se comparado com países onde a questão é explosiva, como Índia ou Paquistão. Juntando tanta terra na mão de poucos e vastas extensões improdutivas, o Brasil montou o cenário próprio para atear fogo ao campo. É aí que nascem os conflitos, que nos últimos vinte anos fizeram centenas de mortos.

O problema agrário brasileiro começou em 1850, quando acabou o tráfico de escravos e o Império, sob pressão dos fazendeiros, resolveu mudar o regime de propriedade. Até então, ocupava-se a terra e pedia-se ao imperador um título de posse. Dali em diante, com a ameaça de os escravos virarem proprietários rurais, deixando de se constituir num quintal de mão-de-obra quase gratuita, o regime passou a ser o da compra, e não mais de posse."Enquanto o trabalho era escravo, a terra era livre. Quando o trabalho ficou livre, a terra virou escrava", diz o professor José de Souza Martins, da Universidade de São Paulo. Na época, os Estados Unidos também discutiam a propriedade da terra. Só que fizeram exatamente o inverso. Em vez de impedir o acesso à terra, abriram o oeste do país para quem quisesse ocupá-lo - só ficavam excluídos os senhores de escravos do sul. Assim, criou-se uma potência agrícola, um mercado consumidor e uma cultura mais democrática, pois fundada numa sociedade de milhões de proprietários.

Ainda que os pequenos proprietários não conseguissem produzir para o mercado, mas apenas o suficiente para seu sustento, já seria uma saída pelo menos para a miséria urbana. "Até ser um Jeca Tatu é melhor do que viver na favela", diz o professor Martins. Além disso, os assentamentos podem ser uma solução para a tremenda migração que existe no país. Qualquer fluxo migratório tem, por trás, um problema agrário. Há os mais evidentes, como os gaúchos que foram para Rondônia na década de 70 ou os nordestinos que buscam emprego em São Paulo. Há os mais invisíveis, como no interior paulista, na região de Ribeirão Preto, a chamada Califórnia brasileira, onde 50.000 bóias-frias trabalham no corte de cana das usinas de álcool e açúcar durante nove meses. Nos outros três meses, voltam para a sua região de origem - a maioria vem do paupérrimo Vale do Jequitinhonha, no norte de Minas Gerais.

A política de assentamento não é uma alternativa barata. O governo gasta até 30.000 reais com cada família que ganha um pedaço de terra. A criação de um emprego no comércio custa 40.000 reais. Na indústria, 80.000. Só que esses gastos são da iniciativa privada, enquanto, no campo, teriam de vir do governo. É investimento estatal puro, mesmo que o retorno, no caso, seja alto. De cada 30.000 reais investidos, estima-se que 23.000 voltem a seus cofres após alguns anos, na forma de impostos e mesmo de pagamentos de empréstimos adiantados. Para promover a reforma agrária em larga escala, é preciso dinheiro que não acaba mais. Seria errado, contudo, em nome da impossibilidade de fazer o máximo, recusar-se a fazer até o mínimo. O preço dessa recusa está aí, à vista de todos: a urbanização selvagem, a criminalidade em alta, a degradação das grandes cidades.

CONCLUSÃO

Todos nós sabemos que a justiça é feita pelos homens e por isso mesmo, ela ainda está repleta de interesses parciais e de visões do que se entende hoje por certo ou errado. Digo hoje porque se compararmos nossas leis com as da Idade Média, concluiremos serem essas últimas, bárbaras e monstruosas, mas naquela época eram consideradas justas e naturais. Por mais que tentássemos deixá-las isentas das nossas paixões, nossas Leis ainda estariam imperfeitas porque o homem não pode compreender toda a Justiça e ainda assim teríamos os excluídos, os que ela não conseguiria acabar, os “injustiçados”.

Ao contrário da Lei humana, existe a deixada por Jesus, que se encaixa em qualquer condição do entendimento humano, em qualquer tempo ou lugar, pois fundamenta-se na consciência de cada pessoa, naquilo que cada um que de melhor, “desejar aos outros o que nós desejaríamos para nós mesmos”. Nesta acepção de Justiça, some o caráter coletivo e prevalece o caráter individual, pois ficamos cada um de nós responsáveis por aplicá-la no nosso cotidiano. Ainda não a conseguimos porque somos seres extremamente egoístas, pensando somente em nós, desejando o melhor para nós e os outros que cuidem de si mesmos, relembrando o jargão popular do “cada um por si”.

Se verificarmos que a responsabilidade é individual e que o conjunto dos pequenos é que faz o grande, reconheceremos que não existe “Injustiça Social”, mas sim o nosso “Imenso Egoísmo”. 

PROFETA AMÓS, A LUTA CONTRA A INJUSTIÇA SOCIAL 

Provavelmente as composições mais antigas do livro do profeta Amós, na Bíblia obviamente (Amós 1-6; 7-9) datam de meados do século VIII a.C., e surgiram como literatura de protesto e resistência. "O acento principal da mensagem de Amós está na crítica social e no anúncio de um juízo iminente de Deus na história, bem como na tênue, mas clara exigência do restabelecimento da justiça como alicerce das relações sociais”(1).

Amós é um profeta precursor, radical, exemplar e paradigmático. A profecia de Amós é, em certo modo, um divisor de águas na história da profecia no sentido de que instaura um novo jeito de ser profeta. O livro de Amós está organizado em duas grandes unidades literárias: I) Am 1-6: Palavras e II) Am 7-9: Visões.

Am 4,4-13 nos ajuda a refletir sobre três aspectos fundamentais da ética profética, intimamente entrelaçados. Esses são: a) a concepção de pecado em relação ao culto; b) em relação à história; c) e os limites de uma possível reconciliação com Deus. A pergunta que se coloca na base e no fim do estudo de Am 4,4-13(2) é: Trata-se de um anúncio de punição in extremis diante da incapacidade de Israel de reagir, ou de uma velada promessa de perdão? Ou existe uma outra interpretação possível?

A declaração final de Javé –Deus solidário com os pisados e libertador dos oprimidos- ao ser humano que fecha a unidade Am 4,4-13 constitui-se quase como uma nova revelação do Sinai, que deve por fim ao conflito entre o ser humano e a divindade, em favor do ser humano. As punições didáticas de Javé deixam lugar a um esclarecimento que abre o coração do ser humano para que veja o conjunto da sua história e possa render-se conta do seu processo de endurecimento.

Am 4,4-13 evoca, portanto, uma situação na qual há certa semelhança com aquela do relato das pragas do Egito, mas não é obviamente, a recordação daqueles fatos. O discurso de Amós menciona, talvez, um passado histórico não identificável nem pela forma e nem pelo conteúdo do texto. As pragas do tempo do Êxodo feriam o Egito, não Israel, e de uma maneira diferente da relatada no livro de Amós capítulo 4. Além do mais, as tais "pragas” eram no mundo antigo, e são ainda nas culturas rústicas, o resultado obrigado de situações críticas naturais ou políticas: a fome é o resultado de toda estiagem prolongada e peste nas plantações, assim como a morte dos jovens (Am 4,10) é o efeito de toda batalha militar, no mundo antigo e moderno.

Às pragas ou punições descritas se reúnem ainda a menção a Sodoma e Gomorra. O discurso de Amós 4 quer, portanto, dar conta de toda a antiga história de Israel, também de Israel patriarcal, para aplicá-la a uma nova situação.

Um ponto particular de relação com o Êxodo é a presença do refrão "mas não retornastes a mim” que estrutura o texto de Amós 4,4-13. Assim, como no relato das pragas o endurecimento do coração do Faraó é o motivo estruturante que faz aumentar as pragas.

No relato do Êxodo, um primeiro grupo de textos, atribuídos tradicionalmente à fonte Javista (J), apresenta de fato Faraó como responsável pelo seu próprio endurecimento, como havia predito Deus (Cf. Ex 7,14.22; 8,11.15.28; 9,7.34). O outro grupo de textos (os chamados "heloístas”) atribui a obstinação ora a Faraó (Ex 9,35) ora a Deus mesmo (Ex 10,20.27). O relato sacerdotal (P) o atribui habitualmente a Javé.

Esta diversidade de concepção no atribuir a responsabilidade pelo pecado aparece também em outros textos fora do Êxodo, com diferente vocabulário e problemática. Em 2º Samuel 24,1, Javé é o responsável direto pelo pecado de Davi devido ao recenseamento. Segundo 1º Crônica 21,1 a responsabilidade é, ao invés, de Satanás. O verbo hebraico usado é o mesmo: swt (= incitar, seduzir).

Tanto em Êxodo como em Am 4,4-13 se coloca um grande problema exegético e teológico: É possível e legítimo que Deus continue a aplicar punições que levam a um endurecimento sempre crescente?

Não se comporta Javé assim como o pai que exagera, com sua punição, ao seu filho e força-o a se rebelar (Cf. Efésios 6,4)?

É necessário reconhecer que por trás dos textos bíblicos de endurecimento há o mistério da liberdade humana e da "onipotência” divina. Em relação a Deus, há uma consciência profética que as obras e a Palavra de Deus não podem permanecer sem efeito (Cf. Isaías 55,11), mas é sempre eficaz (não eficiente). Se não produzem imediatamente a conversão, devem amadurecer o sujeito para uma nova prova, o que, em última análise, não exclui a possibilidade de conversão.

Em relação à pessoa punida, há uma consciência do fato que a exortação à conversão, quando não ouvida, se torna uma condenação. Isto é, nada mais, nada menos, que a dinâmica das relações interpessoais. Quando duas pessoas percebem uma mútua existência começa uma comunicação humana, que pode progredir, parar ou, eventualmente, morrer. Mas enquanto existe, cada ação e reação levam à evolução ou diminuição daquela relação. Todo ato (ou omissão) nas relações interpessoais somam e cultivam a relação ou a empobrece descultivando-a. Nenhuma atitude fica neutra.

De modo semelhante, na relação do ser humano com Deus, cada ação que não melhora a relação, a piora, mas jamais a deixa igual. Se não se aceita um convite à conversão, como uma oferta de amizade, o recusa. Por um lado, esta recusa tornará mais difícil que aconteça um novo convite(3). E de outra parte quem recusou dificilmente voltará atrás para aceitar uma nova oferta, o que implicaria em reconhecer o erro precedente, o que é mais difícil.

Em relação aos profetas e profetisas, este processo se explica na medita em que os/as "intérpretes de Javé” sabem do paradoxo da missão deles/as. Os profetas e profetisas sabem que a palavra profética conduz, às vezes, à conversão de alguns poucos, mas na maioria das vezes leva ao endurecimento de muitos. Os oráculos de condenação no futuro, pronunciados com absoluta segurança, implicam nos profetas a consciência que a advertência seria inútil.

A consciência que os profetas e profetisas têm das três realidades descritas acima se apresenta, de modo muito claro, em Isaías 6,9-11: "Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis. Engorda o coração deste povo, e faze-lhe pesados os ouvidos, e fecha-lhe os olhos; para que ele não veja com os seus olhos, e não ouça com os seus ouvidos, nem entenda com o seu coração, nem se converta e seja sarado. Então disse eu: Até quando Senhor? E respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, e as casas sem moradores, e a terra seja de todo assolada”.

Em Am 7,14, o profeta Amós se recusa a ser considerado profeta, nos termos do sacerdote Amasias, cúmplice de um poder político opressor. Amós se define como "vaqueiro” e cultivador de sicômoros. Em Am 7,15, Amós parece ser um pastor que cuida do rebanho miúdo (ovelhas e cabras), mas não um vaqueiro. Em Am 7,10-17(4) não há a intenção primeira de descrever pessoalmente a profissão do profeta, mas enfatiza o fato de que Amós foi retirado da sua vida precedente, do seu mundo, das preocupações domésticas para proclamar a Palavra de Deus.

Am 7,10-17 quer legitimar o conteúdo da profecia de Amós e ajudar a comunidade superar todos os preconceitos que possam existir contra o profeta por causa da sua origem humilde, como se fosse um "nordestino”, um sem-terra, um sem-casa, um menor de rua, um portador de HIV, um homossexual etc. O relato de Am 7,10-17 quer nos dizer que a profecia vem da margem, da periferia, do meio dos marginalizados e excluídos. São estes, por excelência, os "intérpretes de Javé”.

Na Bíblia este "gênero” é utilizado para descrever de maneira diferente as vocações de Moisés, Gedeão, Eliseu e Saul. Mas uma estreita relação se encontra em 2º Samuel 7,8. Natã transmite a Davi a mensagem de Javé: "Eu te tirei das pastagens, pastoreavas as ovelhas”. O elemento que caracteriza estas situações não é o fato do convocado pertencer a um grupo, mas, ao contrário, o fato dele ser um "de fora”, um excluído. Assim Am 7,14 quer exprimir a distância de Amós das formas institucionais da profecia e dos profetas "da corte”.

O relato do confronto entre o sacerdote Amasias e Amós (com a implicada presença do rei) oferece a justificação da decisão de Javé. O povo não somente não ouviu as diversas palavras transmitidas pelo profeta Amós, mas decidiu silenciá-lo, expulsando-o para sua terra. Já não há nada mais a esperar senão o fim definitivo, e diante desse resta somente a lamentação. O profeta anuncia a necessidade de conversão; pede perdão a Deus pelo povo; pede para parar a punição. O rei (e a monarquia) e o Templo expulsam o profeta, silenciando-o. O povo sofrerá muito mais. Ai de um povo que não escuta seus profetas e profetisas, e pior ainda, que os persegue, expulsa e os silencia.

A perícope de Am 7,10-17 revela a interpretação que setores da classe dominante tinham do conteúdo da profecia de Amós. Aos olhos da elite, o profeta é um "conspirador”, interessado em "golpe de estado”. Para Javé e o povo empobrecido Amós é um profeta, porta voz do Deus da vida para todos e tudo. Para a elite ele é um "subversivo”, um agitador.

Em Am 4,1-3 temos a seguinte profecia:

"OUVI esta palavra, vacas de Basã, que estais sobre o monte de Samaria, que oprimis os fracos, que esmagais os excluídos, que dizeis aos vossos senhores: ‘Trazei-nos o que beber!’. O Senhor Javé jurou, pela sua santidade: sim, dias virão sobre vós, em que vos carregarão com ganchos e a vossos descendentes com arpões (de pesca). E saíreis pelas brechas que cada uma tem diante de si, e sereis empurradas em direção ao Hermon, oráculo de Javé”.

Segundo uma interpretação tradicional, Am 4,1-3 seria uma investida do profeta Amós contra as mulheres ricas de Samaria, designadas como "vacas de Basã”, mulheres de personagens importantes, que ocupam o tempo em luxuosos banquetes, e ao mesmo tempo são responsáveis pela opressão e exploração dos empobrecidos. A imagem de um banquete só de madames é, no mínimo, algo curioso em uma sociedade reconhecidamente machista e patriarcal, assim como atribuir às mulheres a responsabilidade pela opressão e pela injustiça.

A região de Basã, como o Líbano e o Carmelo, é famosa pela fertilidade do solo. A tristeza causada pela punição divina se manifesta na debilidade do Líbano, do Basã, do Carmelo e do Saron (Cf. Isaías 33,9). Ao contrário, a generosidade divina se expressa no nutrimento do povo com a "manteiga das ovelhas e dos touros de Basã” (Cf. Deuteronômio 32,14). O anúncio messiânico, com o qual se conclui o livro de Miquéias, inclui a promessa de um pasto abundante "em Basã e em Galaad, como nos dias antigos (Cf. Miquéias 7,14). No ambiente de louvor do Salmo 68 o "Basã” são os montes (Sl 68,16) que testemunham, junto com o Sinai e a natureza, a grandeza das obras de Javé. Logo integrar "Basã” em uma imagem depreciativa é algo estranho ao uso corrente de "Basã” na Bíblia.

De "vaca de Basã” não se fala em nenhum outro lugar no Primeiro Testamento da Bíblia. As montanhas de Basã são famosas por seus touros, cabritos e carneiros (mas não vacas; cf. Dt 32,14). Por isso, os touros de Basã podem ser imagens dos inimigos poderosos (cf. Salmo 22,13 e, sobretudo, Ezequiel 39,18).

A expressão "vacas de Basã” adquire um sentido mais verdadeiro dentro da cultura bíblica se o termo "vacas” não for utilizado em relação a mulheres, mas a homens, aqueles que quiseram ser como os touros de Basã, pela força deles, autoridade e dignidade se tornaram "vacas”, com as conotações depreciativas que as formas femininas podem ter no Primeiro Testamento.

Neste contexto, os "seus senhores” (Am 4,1b, com sufixo masculino) se referem provavelmente não aos "maridos”, como propõem algumas traduções, um uso pelo qual não se tem nenhuma outra ocorrência, mas refere-se a uma pessoa de mais autoridade (política). "Senhor”, além do freqüente uso como título divino, se refere a Acab (2 Reis 10,2.3.6), ao Faraó (Gênesis 40,1), ao Rei da Babilônia (Jeremias 27,4), e em casos isolados a várias pessoas: "outros senhores...” (Isaías 26,13).

Na profecia de Amós está "uma crítica veemente e contundente aos agentes e mecanismos de exploração e opressão dos camponeses empobrecidos sob o governo expansionista do rei Jeroboão II e sob as condições de um incremento de relações de empréstimos e dívidas entre pessoas do próprio povo no século VIII a.C.”(5). Em outros termos, o profeta Amós não apenas critica pessoas corruptas, mas questiona também de modo muito forte o sistema gerador de pessoas corruptas. Não somente as mazelas pessoais estão na mira do "camponês” que entrou para a história como um grande profeta. Amós tem consciência de que o problema fundamental da injustiça reinante na sociedade não é fruto somente de fraquezas e ambigüidades pessoais, mas tem como causa motriz estruturas sócio-econômico-político-cultural e religiosas que engrenam uma máquina de moer pessoas. Na mira do profeta Amós também estão relações comerciais que causam endividamento, aprisionam pessoas e escravizam, retirando a liberdade de ser pessoa humana.

Além das denúncias sociais, a profecia de Amós destaca-se com o anúncio de um juízo iminente de Javé na história do seu povo. Amós inverte as expectativas quanto a um tão sonhado "dia de Javé” (Am 5,18-20). Este não será mais uma "ideologia de segurança político-religiosa” pelos fortes de Israel. A perversão da justiça para os pobres, a opressão dos empobrecidos e a exploração das pessoas mais enfraquecidas clama pelo juízo divino. O "dia de Javé” será um "dia mau” sobre os fortes de Israel, sobre o estado tributário, suas instituições e seus agentes.

Amós critica com coragem a "corrida armamentista” de Israel. Ele anuncia que serão desmanteladas as forças militares dos estados vizinhos (Amós 1,5.8b.14b; 2,2b) e sobretudo de Israel (Amós 2,13-16; 3,11b; 5,2-3; 6,13-14).

O profeta Amós denuncia duramente também as instituições religiosas que estão justificando o processo de extorsão de tributos da população camponesa (Am 4,4-5; 5,21-23). Pelo conluio com a opressão econômica a religião oficial também será dizimada (templos) e seus agentes (Am 5,27; 7,9; 9,1).

"Odeiem o mal e amem o bem: restabeleçam no portão a justiça!” (Am 5,15). "Aqui está a exigência positiva por excelência na profecia de Amós. Os israelitas são conclamados a reconstruir as relações sociais baseadas na justiça e no direito (mishpat / sedaqah – em hebraico). Só assim será possível escapar do juízo vindouro anunciado. O futuro de um "resto” passa pela prática de Justiça”(6). O juízo abre caminho para a justiça. A presença dos profetas e profetizas no meio do povo deixa Javé livre de qualquer responsabilidade diante da punição que o povo merece. Não precisa nem explicitar a atualidade da profecia de Amós. Que cada leitor/a faça as atualizações necessárias.


 VERSÍCULOS DE INJUSTIÇA NA

BÍBLIA

 

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; 1 Coríntios 13:6

Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Romanos 1:18

Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas. Colossenses 3:25

Para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha e nele não há injustiça. Salmos 92:15

Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma. Romanos 9:14

Melhor é o pouco com justiça, do que a abundância de bens com injustiça. Provérbios 16:8

Não cometereis injustiça no juízo, nem na vara, nem no peso, nem na medida. Levítico 19:35

Mas vós mesmos fazeis a injustiça e fazeis o dano, e isto aos irmãos. 1 Coríntios 6:8

Na verdade é já realmente uma falta entre vós, terdes demandas uns contra os outros. Por que não sofreis antes a injustiça? Por que não sofreis antes o dano? 1 Coríntios 6:7

Porque abominação é ao Senhor teu Deus todo aquele que faz isto, todo aquele que fizer injustiça. Deuteronômio 25:16

Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte. 1 João 5:17

Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade. 2 Tessalonicenses 2:12

E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. 2 Tessalonicenses 2:10

E, se a nossa injustiça for causa da justiça de Deus, que diremos? Porventura será Deus injusto, trazendo ira sobre nós? (Falo como homem. ) Romanos 3:5

Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Romanos 1:29

Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro? Mateus 20:13

Não farás injustiça no juízo; não respeitarás o pobre, nem honrarás o poderoso; com justiça julgarás o teu próximo. Levítico 19:15

Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem remunerá-lo, e não lhe dá o salário do seu trabalho. Jeremias 22:13

Recebendo o galardão da injustiça; pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco; 2 Pedro 2:13

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 1 João 1:9

Se te voltares ao Todo-Poderoso, serás edificado; se afastares a iniqüidade da tua tenda, Jó 22:23

Assim diz o Senhor: Que injustiça acharam vossos pais em mim, para se afastarem de mim, indo após a vaidade, e tornando-se levianos? Jeremias 2:5

Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça; 2 Pedro 2:15

Voltai, pois, não haja iniqüidade; tornai-vos, digo, que ainda a minha justiça aparecerá nisso. Jó 6:29

Viste, Senhor, a injustiça que me fizeram; julga a minha causa. Lamentações 3:59

Quem lhe prescreveu o seu caminho? Ou, quem lhe dirá: Tu cometeste maldade? Jó 36:23

O Senhor prova o justo; porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma. Salmos 11:5

Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça. João 7:18

Quem é injusto, seja injusto ainda; e quem é sujo, seja sujo ainda; e quem é justo, seja justificado ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. Apocalipse 22:11

E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca. Isaías 53:9

Mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniqüidade; Romanos 2:8

Recebei-nos em vossos corações; a ninguém agravamos, a ninguém corrompemos, de ninguém buscamos o nosso proveito. 2 Coríntios 7:2

O Senhor é justo no meio dela; ele não comete iniqüidade; cada manhã traz o seu juízo à luz; nunca falta; mas o perverso não conhece a vergonha. Sofonias 3:5

E, querendo Paulo abrir a boca, disse Gálio aos judeus: Se houvesse, ó judeus, algum agravo ou crime enorme, com razão vos sofreria, Atos 18:14

Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem. Ezequiel 28:18

Não dando o seu dinheiro à usura, e não recebendo demais, desviando a sua mão da injustiça, e fazendo verdadeiro juízo entre homem e homem; Ezequiel 18:8

Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade. 2 Timóteo 2:19

Pois, em que tendes vós sido inferiores às outras igrejas, a não ser que eu mesmo vos não fui pesado? Perdoai-me este agravo. 2 Coríntios 12:13

Se há iniqüidade na tua mão, lança-a para longe de ti e não deixes habitar a injustiça nas tuas tendas. Jó 11:14

Não falarão os meus lábios iniqüidade, nem a minha língua pronunciará engano. Jó 27:4

Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal. Salmos 5:4

E eu vos digo: Granjeai amigos com as riquezas da injustiça; para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos. Lucas 16:9

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 2 Coríntios 6:14

Eis que conheço bem os vossos pensamentos; e os maus intentos com que injustamente me fazeis violência. Jó 21:27

Guarda-te, e não declines para a iniqüidade; porquanto isso escolheste antes que a aflição. Jó 36:21

Senhor meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos, Salmos 7:3

A boca do justo é fonte de vida, mas a violência cobre a boca dos perversos. Provérbios 10:11

E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia. Gênesis 15:16

Assim há esperança para o pobre; e a iniquidade tapa a sua boca. Jó 5:16

Bênçãos há sobre a cabeça do justo, mas a violência cobre a boca dos perversos. Provérbios 10:6

 

 


CLICK NA FOTO OU NO RESULTADO

DE IMAGEM E VEJA MUITO MAIS...

 

Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA

Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
850 × 400 - kdfrases.com
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA
Resultado de imagem para IMAGENS DE INJUSTIÇA